• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Coligações nos estados » Eduardo Campos acerta detalhes finais antes da convenção do PSB Eduardo Campos participa de reunião da executiva nacional do PSB para acertar as pendências que ainda existem em relação aos palanques do partido em alguns estados

Rosália Rangel

Publicação: 10/06/2014 08:16 Atualização:

Na semana passada, a direção estadual do PSB de São Paulo decidiu apoiar o projeto de reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Foto: Piti Reali/PSB (Piti Reali/PSB)
Na semana passada, a direção estadual do PSB de São Paulo decidiu apoiar o projeto de reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Foto: Piti Reali/PSB

O pré-candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, participa amanhã, em São Paulo, da reunião da executiva nacional do partido que vai analisar as coligações que estão em andamento nos estados. Na retal final para as convenções que vão homologar os nomes dos candidatos, os socialistas ainda precisam resolver algumas pendências. As divergências com a Rede, por exemplo, são pedras que precisam ser retiradas do caminho antes da convenção nacional da coligação PSB/PPS/PHS/PRB, que será realizada em Brasília, no dia 28 deste mês.

Na semana passada, a direção estadual do PSB de São Paulo decidiu apoiar o projeto de reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Uma posição que desagradou a Rede e acentuou a crise entre os aliados. A ex-senadora Marina Silva, pré-candidata à vice-presidente na chapa socialista, reagiu, deixando claro a discordância dela ao apoio ao PSDB. Ela alertou que se a decisão não for revista a Rede não subirá no palanque tucano.

Ontem, o ex-secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Sérgio Xavier, um dos aliados mais próximos de Marina, disse que a Rede continua defendendo a tese de candidatura própria, enquanto PSB aprovou o indicativo em favor de Alckmin."Mas ainda acreditamos na possibilidade de chegarmos a um consenso", ponderou. Os integrantes da Rede também vão se reunir amanhã, em São Paulo, para discutir a situação no estado.

"Marina e Eduardo sempre falaram que a eleição nacional seria prioridade nos estados. É isso que estamos buscando. Agora, onde não for possível, não podemos desrespeitar a opinião dos outros", frisou Xavier. Em São Paulo, a Rede, caso não haja consenso com o PSB, deverá apoiar um nome do PSol ou do PV.

Ontem, Eduardo Campos, que está na capital paulista, não teve agenda pública de pré-campanha. O socialista, que é presidente nacional do PSB, tem afirmado, quando questionado sobre as alianças nos estados, que esse é problema para ser resolvido pelas direções estaduais da sigla e que vai respeitar a decisão dos diretórios.

Saiba mais

Algumas pendências do PSB na reta final das convenções

São Paulo
A direção estadual do PSB decidiu apoiar o projeto de reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB). A aliança não conta com o apoio da Rede, que analisa a possibilidade de apoiar os nomes apresentados pelo PSol ou PV.

Minas Gerais
O PSB deverá lançar candidato próprio ao governo. O nome mais cotado é do deputado federal Júlio Delgado, presidente estadual da sigla. Uma outra opção seria Apolo Heringer, aliado da ex-senadora Marina Silva (PSB/Rede).

Paraná
No estado, os socialistas divergem da posição da Rede que aderiu à pré-candidatura da deputada federal Roseane Ferreira (PV). O PSB vai reforçar o palanque do governador Beto Richa (PSDB), que vai tentar a reeleição.

Rondônia
O atual governador Confúsio Moura (PMDB) vai disputar à reeleição. Os socialistas ainda não definiram como será a aliança com o PMDB no estado

Piauí
A parceira ente PSB e PMDB estava praticamente fechada em torno do nome de Marcelo Castro (PMDB), mas o peemedebista desistiu da disputa por discordar da decisão do governador José Filho (PMDB) de concorrer à reeleição

Rio Grande do Norte
O viável para o PSB [e apoiar o deputado federal Henrique Eduardo Alves ao governo do estado. A parceria deverá ser fechada com a indicação da ex-governadora Wilma de Farias (PSB) ao Senado.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.