• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Campanha » Aécio Neves diz que PSDB vai apoiar Paulo Câmara

Filipe Barros - Diario de Pernambuco

Publicação: 09/06/2014 16:02 Atualização: 09/06/2014 16:09

O senador e pré-candidato a presidência da República Aécio Neves (PSDB) afirmou na manhã desta segunda-feira (9), que os tucanos pernambucanos devem apoiar a candidatura do pré-candidato do PSB, o ex-secretário da fazenda Paulo Câmara. Com isso, o PSDB deve desistir da candidatura própria no estado, possibilidade  que estava sendo cogitada depois que o ex-governador e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, decidiu lançar candidatura própria em Minas Gerais, reduto do senador tucano, um dos adversários do socialista nas eleições deste ano. Paulo Câmara vai  concorrer ao Poder Executivo contra o senador Armando Monteiro (PTB).

"Minha palavra foi dada e se essa for a vontade e, me parece que é majoritária dos companheiros do PSDB, manteremos o compromisso. Tenho certeza que os companheiros do PSDB trabalharão no limite da suas fo forças e das suas condições pela nossa candidatura e da minha parte a liberação é absoluta para que o partido tome essa decisão que me parece majoritária na direção do apoio ao candidato Câmara", afirmou o tucano em entrevista à uma rádio local nesta segunda-feira. Aécio cumpriria hoje uma extensa agenda no Recife, mas teve que adiar devido ao nascimento pré-maturo dos seus filhos gêmeos. Ele afirmou que estará no Recife na quarta-feira (18) para receber o título de cidadão recifense, mas que esta semana vai ficar com os filhos no hospital. "Eles passam bem, apesar de terem nascido com antecedência. Estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que é um procedimento normal  e estou no hospital com eles. Ficarei esta semana aqui com eles que vão crescer fortes e saudáveis com certeza".

Quando perguntado sobre sua relação com o ex-governador Eduardo Campos (PSB), Aécio aproveitou para cutucar o adversário e elogiar a trajetória do socialista à frente do Governo de Pernambuco."Da minha parte não mudou nada e não alteram meus valores e as minhas amizades. Continuo tendo pelo governador Eduardo Campos, respeito pessoal e respeito político. Acho que sua candidatura faz bem à democracia e nós sempre a estimulamos, ao contrário do que fez o PT. Tenho respeito por Eduardo, espero
que ele possa fazer uma bela campanha como fez um belo governo em Pernambuco e o meu objetivo nesse instante é encerrar esse ciclo de governo do PT e vou dedicar toda a minha força, minha inteligência e meu esforço nessa direção", afirmou o pré-candidato.

Aécio lembrou que Eduardo aprimorou, em Pernambuco, algumas medidas implantadas por ele em Minas Gerais, como a avaliação de desempenho dos servidores através de meta estabelecida sob gratificação extra. "Minas é hoje o único estado brasileiro onde 100% dos servidores são avaliados por desempenho e recebem uma remuneração a mais se alcançam suas metas, o que já ocorrem em algumas áreas do governo em Pernambuco. Pela avaliação da população Eduardo fez um belo governo e tem todas as credencias para disputar essas eleições",encerrou Aécio afirmando que "mais quatro anos desse governo do PT será dramático para o Brasil. Mais quatro anos será mais grave".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.