• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » PSC declara apoio a Armando Monteiro enquanto critica PT

Júlia Schiaffarino

Publicação: 09/06/2014 12:29 Atualização: 09/06/2014 14:06

Foto: Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press/Arquivo
Foto: Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press/Arquivo
O pré-candidato à presidência pelo PSC, Pastor Everaldo, desembarcou nesta segunda-feira (9) em Pernambuco, visita em que declara, oficialmente, apoio ao senador Armando Monteiro Neto (PTB) na disputa ao governo do estado. Ao ex-petebista e atual presidente estadual do PSC, Silvio Costa, caberá a condução do palanque local. "Em Recife estaremos reunidos com Armando Monteiro para declarar apoio e naturalmente teremos um palaque aqui conduzido pelo deputado federal Silvio Costa", anunciou o Pastor Everaldo durante entrevista à uma rádio local durante a manhã

Apesar dessa decisão significar para os sociais-cristãos estar do mesmo lado que o PT, estadualmente, o Pastor não economiza nas críticas ao governo federal e à presidente Dilma Rousseff (PT), ambos com o apoio de Armando Monteiro e do PTB. A heterogeneidade do PSC se repete em outros estados como Rio de Janeiro, onde a sigla declarou apoio à reeleição do governador Pezão (PMDB); Porto Alegre onde o apoio é ao nome do PDT e São Paulo cujo palaque guardará espaço para o PSDB de Geraldo Alckmin.

O pastor Everaldo disse não temer "fuga de votos" ou dificuldade de discurso. "Hoje a democracia como não é verticalizada permite essa variação. Isso está no Brasil, é da democracia brasileira", declarou. Da mesma forma, porém, coloca sua candidatura como "a única que representa a mudança real". "O Aécio é neto de uma figura política, Tancredo Neves, o Eduardo, de Miguel Arraes e Dilma é uma enteada de Lula. O PSC é o caminho da mudança nesse país, para inverter a lógica de que a população serve ao governo", disparou.

A última pesquisa para a corrida presidencial a ser divulgada mostra o Pastor Everaldo com 4% das intenções de voto dos brasileiros. Tecnicamente ele estaria empatado com o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) que conta com 7%. Parte considerável da votação do pré-candidato do PSC vem do eleitorado evangélico. O PSC é ligado à Igreja Mundial de Jesus Cristo que conta com 8 igrejas no estado de Pernambuco e tem como pastor presidente o americano Pastor Robert Wellman.

Privatizações
Durante a entrevista que concedeu na manhã desta segunda-feira, o Pastor Everaldo mostrou-se um forte defensor das privatizações. Dois campos em que ele defendeu abertamente o capital privado foram o de combustíveis e o de segunraça pública. "Distribuição de combustível para quê? Para que a BR Distribuidora? No Ceará a companhia de energia elétrica foi privatizada e os funcionários estão satisfeitos como está funcionando. No sistema carcerário também somos a favor de PPP, de privatizar conforme dá certo no Brasil e no mundo", disse.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.