• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » Aécio Neves diz que, se eleito, levará UPPs para todo o Brasil O pré-candidato do PSDB a presidente da República elogiou o governador do Rio e afirmou que o país precisa de uma política nacional de segurança

Correio Braziliense

Publicação: 05/06/2014 20:40 Atualização:

Aécio Neves participou de ato de apoio à sua pré-candidatura à presidência da República e contou com a presença de mais de 1,6 mil lideranças do Estado

O pré-candidato a presidente da República pelo PSDB, o senador Aécio Neves, revelou nesta quinta-feira (5/6) que pretende levar as Unidades de Polícia Pacíficadoras (UPPs) do Rio de Janeiro para todo o Brasil.

O tucano esteve presente em um ato de apoio à sua pré-candidatura no Rio de Janeiro e foi recebido por mais de 1,6 mil lideranças do estado, incluindo prefeitos, deputados e vereadores. Durante o encontro, o senador elogiou o governador do Rio Sérgio Cabral e mostrou o desejo de expandir a atuação das UPPS.

"Quero afirmar que as UPPs serão exemplos a ser levadas para todas as regiões metropolitanas do Brasil. Vamos aprimorá-las. Além do policiamento, vamos levar desenvolvimento econômico e social às comunidades, porque é ele que levará a paz definitiva", revelou.

No evento, Aécio culpou o governo da presidente Dilma pelo baixo crescimento econômico do país e criticou as falhas na gestão de obras de infraestrutura. O senador também afirmou que o Brasil precisa de uma política nacional de segurança pública e que faltam recursos para a área nos estados e nos municípios.

O pré-candidato revelou que o encontro era mais do que um lançamento de pré-campanha presidencial, mas uma demonstração de apoio a uma canditatura suprapartidária. Além do PSDB e do PMDB, formalizaram a aliança o PP, PSD, PSL, PTC, PEN, PMN e o Solidariedade. "Minha candidatura não tem a marca do partido A ou B, tem a marca dos brasileiros, cariocas e fluminenses honrados, que estão indignados com tudo isso que está acontecendo no Brasil", afirmou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.