• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições 2014 » Socialistas defendem a volta de Milton Coelho a Pernambuco

Tércio Amaral

Publicação: 05/06/2014 09:18 Atualização: 05/06/2014 10:08

Ex-secretário poderá retornar ao estado. Foto: Juliana Leitão/DP/D.A. Press/Arquivo
Ex-secretário poderá retornar ao estado. Foto: Juliana Leitão/DP/D.A. Press/Arquivo

Alguns integrandes da campanha do ex-secretário Paulo Câmara (PSB) ao governo de Pernambuco defendem a volta do ex-secretário de governo Milton Coelho ao estado. Motivo: colocar “ordem na casa”, sobretudo no interior, onde estaria havendo um “desmanche” das bases socialistas.

Com bom trânsito no partido, Milton Coelho está em São Paulo na coordenação de articulação política e mobilização da campanha do ex-governador Eduardo Campos à Presidência da República. As informações são da coluna Diario Político, assinada pela jornalista Marisa Gibson.

Entre outros motivos, o retorno também pode ser motivado pelos “curtos circuitos” provocados por algumas pesquisas. Na Frente Popular, o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, candidato ao Senado, tem atraído mais atenção do eleitorado do que Paulo Câmara, candidato ao governo.

 

“O discurso de Bezerra Coelho é mais contundente e mais vibrante que o de Câmara, um desequilíbrio difícil de ser corrigido - o candidato ao Senado tem uma estatura política maior do que a do candidato a governador, embora isso não seja um fator determinante para um resultado adverso nas urnas”, destaca a coluna.

Para os aliados, o principal problema de Paulo Câmara não é a timidez, mas o fato de não ser muito conhecido entre o eleitorado. A questão, defendem, será resolvida quando se iniciar a propaganda eleitoral de televisão. Até lá, o candidato estará pronto.

“Já na chapa oposicionista, o senador Armando Monteiro Neto (PTB), candidato ao governo, e o deputado federal João Paulo (PT), que concorre ao Senado, têm trajetórias políticas equivalentes, havendo apenas um desnível em termos de carisma: João Paulo é muito mais carismático do que Armando”.

Assinantes do Diario podem conferir a coluna na íntegra clicando aqui.

Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.