• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Liminar » Justiça eleitoral suspende caravanas de Padilha em SP

Agência Estado

Publicação: 02/06/2014 18:10 Atualização:

A caravana "Horizonte Paulista", do pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, foi suspensa liminarmente pela Justiça Eleitoral. A decisão atende à representação da Procuradoria Regional Eleitoral protocolada na última quinta-feira, 29, acusando o petista de propaganda antecipada.

Na ação, a Procuradoria pedia ainda o pagamento de multa de R$ 750 mil por parte de Padilha e do PT. Para o juiz Mathias Coltro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que acatou o pedido liminar, há indício de que a caravana estaria antecipando a propaganda eleitoral, o que é proibido pela lei eleitoral. A concessão da liminar também foi justificada pela possibilidade de uma disputa desigual entre os candidatos, "diante da possível influência causada nos eleitores."

Na representação contra Alexandre Padilha e o diretório estadual do Partido dos Trabalhadores, o procurador regional eleitoral no Estado de São Paulo, André de Carvalho Ramos, afirma que os eventos da caravana são encontros públicos, abertos a não-filiados do PT - grupos de jovens, grupos de mulheres e minorias sociais, trabalhadores de diversos setores, empresários - de "caráter eminentemente proibido pela norma eleitoral". O mérito da ação ainda será julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo. A campanha de Alexandre Padilha ainda não se manifestou sobre a decisão.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.