• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Discurso » Campos compara políticos a 'raposas de paletó e gravata'

Agência Estado

Publicação: 31/05/2014 18:55 Atualização:

Na tentativa de empunhar a bandeira da "nova política" nas eleições de 2014, o pré-candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos, comparou hoje políticos de Brasília a "raposas de paletó e gravata". Campos se referiu a políticos que, segundo ele, formam alianças para ocupar espaços na máquina pública e para "se apropriar" do Estado.

Durante um seminário da aliança PSB-Rede-PPS, em Goiânia, para discutir as diretrizes do programa de governo da sua candidatura que deverá ter a ex-ministra Marina Silva como vice, Campos criticou o modelo de alianças do atual governo e disse que os partidos que hoje formam a base da presidente Dilma Rousseff apoiavam o PSDB no final do governo Fernando Henrique Cardoso.

"As mesmas forças que hoje estão no centro do atual governo estiveram, com exceção do partido que lidera, no centro do governo Fernando Henrique Cardoso", disse. "Eles foram chegando e se apropriando do centro de comando e controle do governo que passou e do que entrou".

Num discurso recheado de críticas contra a administração Dilma Rousseff, o pessebista afirmou que o Brasil tem agora a opção de "aposentar a velha política" e de tirar o "patrimonialismo da cena de Brasília". "A sétima economia do mundo não pode ficar assistindo em Brasília a um bando de raposas de paletó e gravata que já surrupiou do povo brasileiro o que tinha para surrupiar" declarou. E continuou: "que divide o estado brasileiro como se divide um cacho de bananas; que divide nacos do Estado como gente que não tem compromisso com o povo".

Ao lado de Marina, o pessebista tenta evitar mais uma eleição polarizada entre PT e PSDB. Ele tem disparado críticas nos últimos dias contra a política de coalização do governo e já havia comparado os senadores José Sarney (PMDB-AP) e Fernando Collor (PTB-AL) a "velhas raposas". De acordo com ele, os dois fariam parte da oposição em seu governo.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.