• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aécio boladasso » Servidora é demitida após criar perfil falso de Aécio Neves

Publicação: 29/05/2014 08:39 Atualização:

A Prefeitura de Guarulhos demitiu a servidora Nataly Galdino Diniz e instalou uma sindicância para apurar se a funcionária usou computadores do local para administrar páginas com ofensas ao senador e pré-candidato à Presidência da República Aécio Neves (PSDB-MG) em redes sociais.

“Nataly Galdino Diniz foi exonerada preventivamente do cargo que ocupava na terça-feira (27). Ainda na terça, a Prefeitura instalou sindicância para apurar as denúncias veiculadas na imprensa, cuja duração é de 30 dias, podendo ser prorrogada por mais 30 dias”, disse em nota a Secretaria de Comunicação.

A identidade de Nataly foi revelada após a equipe de advogados de Aécio mover um processo contra 27 empresas de tecnologia no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) para descobrir quem estava por trás do perfil “Aécio Boladasso”. O caso foi revelado na edição dominical do jornal Folha de S.Paulo.

Criado inicialmente como uma cópia do “Dilma Bolada”, página de humor simpática à presidente Dilma Rousseff, o perfil falso no Facebook logo passou a propagar que o senador teria o hábito de consumir álcool. Aécio é um dos principais adversários de Dilma na corrida presidencial. O PSDB entrou com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que o PT seja multado pelo caso, já que a Prefeitura de Guarulhos está sob a administração do partido há 14 anos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.