• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Brasília » Líderes indígenas apresentam reivindicações a presidentes da Câmara e do Senado

Agência Brasil

Publicação: 28/05/2014 21:50 Atualização:

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, recebe e ouve as reinvidicações de lideranças indígenas (José Cruz/Agência Brasil)  (José Cruz/Agência Brasil)
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, recebe e ouve as reinvidicações de lideranças indígenas (José Cruz/Agência Brasil)

Lideranças indígenas reuniram-se no início da noite desta quarta-feira (28) com os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para pedirem apoio na tramitação de matérias de interesse dos índios.

A principal luta das comunidades é impedir a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 215/2000), que inclui entre as competências exclusivas do Congresso Nacional a aprovação de demarcação de terras indígenas e a ratificação das demarcações já homologadas; estabelecendo que os critérios e procedimentos de demarcação serão regulamentados por lei. A PEC é defendida pelos integrantes da bancada ruralista.

Representante da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, Sônia Guajajara disse que os presidentes da Câmara e do Senado prometeram colocar as matérias de interesse dos indígenas em votação, se houver amplo consenso nas Casas Legislativas. “O presidente Henrique Alves assumiu o compromisso de não aprovar a PEC 215, enquanto não houver consenso dentro da Casa. Isso foi um ganho para os povos indígenas”, disse. O mesmo compromisso foi assumido pelo senador Renan Calheiros, segundo a representante.

Segundo ela, há mais de dois anos os indígenas estão lutando no Congresso para impedir a aprovação da PEC, uma vez que “os ruralistas estão impondo as mudanças sobre a demarcação das nossas terras. Eles querem dar o parecer se uma terra é indígena ou não. Lutamos contra essa mudança no processo de demarcação de terra”.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.