• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Maranhão » Pré-candidato Lobão Filho vai propor vaga de vice-governador em sua chapa ao PDT

O Imparcial

Publicação: 28/05/2014 09:26 Atualização:

Carlos Lupi será procurado por Lobão Filho para negociar vaga de vice do PMDB. Foto: O Imparcial/D.A. Press
Carlos Lupi será procurado por Lobão Filho para negociar vaga de vice do PMDB. Foto: O Imparcial/D.A. Press

Mudança de cenário causa reviravolta na chapa do pré-candidato Lobão Filho (PMDB). Sem o Partido dos Trabalhadores (PT) compondo a chapa de vice, o pré-candidato agora cogita até mesmo efetivar aliança com PDT, que antes pleiteava o espaço na chapa do pré-candidato Flávio Dino (PCdoB).

Surpreendendo a todos, o pré-candidato Lobão Filho (PMDB) afirmou estar se aproximando do PDT para trazer o partido para compor a chapa majoritária. Segundo ele, essa seria uma forma de compensá-los. “Nós estamos negociando para trazer o PDT se for o caso para que possa ocupar o que foi negado a eles. O PDT foi humilhado pelo candidato comunista. Desconsiderou todo o compromisso que havia sido feito”, declarou.

Lobão Filho comentou a indicação do PT à suplência e afirmou já ter conhecimento que a situação poderia se definida assim, com a indicação ao Senado. “Já imaginava que isso iria acontecer pela conversa que tive com o presidente Lula, que mostrou a preocupação dele em ter candidatos a senador pelo país todo. O PT está perdendo os que estão se tornando candidatos a governador”, disse.

O pré-candidato do PMDB garantiu que, caso o candidato do PMDB seja eleito senador, o suplente indicado pelo PT terá condições plenas de assumir o mandato. “O nosso partido praticamente escolheu um candidato e pode ser que esse candidato seja elevado a ministro e assim abrir a vaga para o senador do PT”, afirmou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.