• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pré-campanha » Propostas de Câmara para a área de Saúde O pré-candidato socialista ao governo do estado apresentou ontem algumas diretrizes e ações para o caso de ser eleito

Publicação: 27/05/2014 16:38 Atualização: 27/05/2014 16:43

O pré-candidato da Frente Popular de Pernambuco ao governo do estado, Paulo Câmara (PSB), apresentou as diretrizes que devem compor seu programa de governo. As propostas apresentadas pelo socialista estão dentro do padrão de continuidade de gestão, alinhado ao discurso do ex-governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB). “A saúde esteve entre as prioridades de nossa gestão, vamos garantir oferta e qualidade. Duplicamos a oferta de leitos por habitante, ficando dentro dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS). Sabemos que já se fez muito, mas isso será ainda melhor com um tratamento cada vez mais humanizado”, ressaltou Câmara.

Ele visitou 80 municípios pernambucanos e se reuniu com entidades e especialistas do setor durante a fase de preparação de parte das propostas que podem ser mostradas à população durante a campanha de rua, a partir de julho, e na sua propaganda eleitoral gratuita, com início previsto para agosto. Entre os principais pontos apresentados pelo pré-candidato estão a construção do Hospital Geral de Cirurgia, na Região Metropolitana do Recife; a construção do Hospital Geral do Sertão (HGS), em Serra Talhada; construção do Hospital da Mulher do São Francisco, em Petrolina; a implantação do Hospital da Mulher do Sertão, que pode se concretizar depois da construção do HGS, porque o Hospital Professor Agamenon Magalhães de Serra Talhada será transformado no Hospital da Mulher do Sertão; o  Hospital Regional Mestre Dominguinhos, já em construção em Garanhuns; a transformação do Hospital Geral de Areias em Hospital do Idoso; a construção de seis UPAs Especialidades nas cidades de Petrolândia, Santa Cruz do Capibaribe, Vitória de Santo Antão, Olinda, Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes.

A organização sistemática no atendimento aos pacientes também está no projeto do socialista. “Queremos agilizar a consulta e o diagnóstico, trazendo mais conforto aos pacientes e integrando as informações do sistema”,  afirmou Câmara. Para equacionar suas pretensões, Câmara coloca a o “Doutor Chegou”, que, inicialmente, terá dois ônibus funcionando em sistema de mutirões de atendimento e exames no interior e ações de assistência farmacêutica. Já o programa “Medicamento em Casa” vai universalizar a entrega em domicílio para usuários de medicamentos especiais com dificuldade de locomoção. Também o programa Saúde Conduz que visa incentivar, apoiar e gerenciar os consórcios intermunicipais. Além do programa Saúde Melhor. As propostas contemplam: a informatização e integração em rede de todos os sistemas internos dos hospitais estaduais; o suporte à implantação dos sistemas nas redes municipais de atenção básica, com posterior integração à rede estadual; a implantação do prontuário eletrônico na rede estadual, com banco de imagens para exames; a disponibilização dos resultados de exames pela internet e o cadastramento de doentes crônicos (tuberculose, hipertensos, diabetes)

 

Jairo Lima - especial para o Diario

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.