• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Bate-rebate » José Humberto Cavalvanti chama Sileno Guedes de "tarefeiro de baixa patente"

Ana Luiza Machado

Publicação: 20/05/2014 18:46 Atualização: 20/05/2014 19:25

José Humberto Cavalcanti diz que ataques são preocupaçao com crescimento de Armando Monteiro nas pesquisas (Paulo Paiva/DP/DA Press)
José Humberto Cavalcanti diz que ataques são preocupaçao com crescimento de Armando Monteiro nas pesquisas
A atitude do presidente estadual do PSB Sileno Guedes de ter feito duras críticas ao pré-candidato ao governo Armando Monteiro (PTB), nesta terça-feira (20), questionando, entre outras coisas, sua capacidade administrativa, acabou chamando os ex-aliados petebistas para a briga. A resposta também não veio branda por parte do secretário geral do PTB de Pernambuco José Humberto Cavalcanti. Ele afirmou que Sileno "tem produzido sempre nano-avaliações sobre o processo político-eleitoral, que são próprias dos chamados tarefeiros de baixa patente".

Sobre Armando, Sileno associou à imagem do "patrão" ao lembrar de quando o peteebista presidiu a Federação das Indústrias de Pernambuco (FIEPE) e Confederação Nacional das Indústrias (CNI). E afirmou que "a tão propagada experiência e qualidade de gerenciar é na verdade uma falácia. Eu desconheço qualquer representatividade administrativa dele em cargos públicos".

O inusitado é que o socialista não respondia a nenhum ataque feito ao seu pré-candidato Paulo Câmara, as declarações foram feitas um dia após Armando Monteiro ter participado do evento de assinaturas de ordens de serviço de unidades do Sesi nas cidades de Ribeirão e Moreno.

Para José Humberto, as declarações irritadiças de Sileno são reflexo da preocupação do "forte crescimento" da candidatura de Armando evidenciada nas pesquisas. "Sileno vive a dificuldade de conseguir explicar uma fragilidade que o povo de Pernambuco já percebeu. A de tentar impor, junto com o seu grupo, aí, sim, como verdadeiros patrões políticos, um nome sem qualquer representatividade na sociedade, além daquela que deriva das circunstâncias de subordinação e parentesco, como o de Paulo Câmara", disse o secretário geral do PTB no estado.

A cada eleição, cientistas políticos mostram que o bate-boca e desqualificação do debate irrita e cansa os eleitores, mas o que os descredencia, segundo eles, é a mudança brusca de postura. Baseado nisso, os petebistas resgataram um vídeo em que o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos faz elogios ao senador, agora pré-candidato ao governo Armando Monteiro Neto.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: sandro moura
Bom dia, os pernambucano vão de de perto que Armando será o melhor governador, porque ele tem historia, trabalho, para -PE, é isso que o povo quer, vamos eleger um novo governo, bom para o nosso estado. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.