• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » Reforço na campanha vai chegar em julho Pré-candidato socialista terá três fases nas eleições deste ano, e apenas contará com a presença de Eduardo Campos após a convenção do PSB

Tércio Amaral

Publicação: 18/05/2014 18:05 Atualização:

Eduardo e Câmara estiveram poucas vezes juntos durante a pré-campanha deste ano (Roberto Pereira/Divulgação)
Eduardo e Câmara estiveram poucas vezes juntos durante a pré-campanha deste ano

Os socialistas já estão cientes. A presença do ex-governador e pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), na campanha do ex-secretário Paulo Câmara (PSB) ao governo de Pernambuco será a partir do mês de julho. A estratégia do partido é fazer com que o presidenciável circule com o candidato nas agendas públicas, no interior e na Região Metropolitana, apenas na segunda fase da disputa eleitoral, logo após a convenção partidária, que será realizada no fim do mês de junho. A expectativa é que, quando Eduardo chegar ao estado, Paulo Câmara já esteja mais conhecido entre o eleitorado. Vale lembrar que a expectativa é que, até a convenção, tanto Paulo Câmara quanto o pré-candidato ao Senado pelo partido, o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, circulem por 140 municípios do estado.

A maratona de visitas às bases, que também inclui o deputado federal Raul Henry (PMDB), vice na chapa majoritária da Frente Popular, realizou mais de 60 visitas até este domingo. A agenda intensa também conta com outro tipo de conjectura política: o fato de Eduardo Campos estar focado em sua campanha presidencial no estado de São Paulo.

“Mesmo com a vinda dele a Pernambuco, sabemos que Eduardo Campos dará um tratamento igualitário aos candidatos do partido no país”, comentou um socialista em reserva.

A estratégia do PSB foi dividir a campanha de Paulo Câmara em três fases distintas. A primeira começou no anúncio da candidatura, no final do mês de fevereiro, e vai até a convenção, no fim de junho. A segunda etapa vai da convenção até o começo do guia eleitoral, em agosto. A terceira começa com o guia e vai até a eleição em outubro.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.