• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cotas raciais » Dilma defende cotas nas universidades

Agência Estado

Publicação: 15/05/2014 11:35 Atualização:

Na conversa com os internautas pelo Facebook, a presidente Dilma Rousseff defendeu as cotas raciais nas universidades, na manhã desta quinta-feira, 15. Ao responder à pergunta do internauta Raul Sousa, sobre por que há cotas raciais no Enem e se isso não poderia ser considerado racismo, a presidente Dilma respondeu: "Raul, não. As cotas raciais integram as ações afirmativas necessárias para que superemos as consequências de 300 anos de escravidão e do racismo dela decorrente", disse a presidente.

A presidente Dilma não respondeu, no entanto, ao questionamento de Kim Pimentel, que perguntava se ela considerava: "É realmente necessário em um país como o nosso, tão miscigenado, a existência de um sistema de cotas? Veja bem, eu não julgo quem opta por esse tipo de inscrição, mas pessoalmente considero uma discriminação! Nos tempos em que vivemos, a cor, raça de alguém definir seu ingresso ou não em um ambiente estudantil, não me parece justo á ninguém".

Cyntia Pilan, por sua vez, pediu à presidente Dilma que ajude seu filho "que estuda muito há anos pra passar no vestibular". Ela informou: "ele é japonês com bisavô negro. Ele cabe nas cotas raciais?". Mas também não recebeu resposta.

Dilma tem usado o Facebook como instrumento de aproximação com a população. Esta é a terceira participação dela no Facebook, em um instrumento que está sendo chamado pelo Planalto de "Face to Face".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.