• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Operação Lava-Jato » Câmara investiga deputado Argôlo por envolvimento com doleiro Luiz Argôlo é o segundo parlamentar citado na Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, a manter envolvimento com o doleiro preso Alberto Youssef

Naira Trindade - Correio Braziliense

Publicação: 15/05/2014 11:17 Atualização:

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados instaurou o processo por quebra de decoro contra o deputado Luiz Argôlo (SD-BA). Ele é o segundo parlamentar citado na Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, a manter envolvimento com o doleiro preso Alberto Youssef.

Três nomes foram sorteados nesta manhã pelo Conselho: Cesar Colnago (PSDB-ES), Izalci (PSDB-DF) e Marcos Rogério (PDT-RO). Os parlamentares ainda serão consultados, mas um deles pode ser o relator do processo contra o deputado baiano. Nem parlamentares do partido dele, o solidariedade, nem do PP, antigo partido dele, nem do estado participaram do sorteio.

Além de Argôlo, o Conselho de Ética definiu a data final para o deputado André Vargas (PT-PR) entregar sua defesa escrita: 28 de maio. Ele retomou as atividades a Casa ontem após 37 dias afastado por pedido pessoal.

 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.