[an error occurred while processing this directive] FBC enquadra Daniel Coelho e critica Armando e João Paulo | Política: Diario de Pernambuco
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Nova polêmica » FBC enquadra Daniel Coelho e critica Armando e João Paulo Ex-ministro contou que Frente Popular moveu ação no Supremo conta os pré-candidatos ao governo do estado e ao Senado da base de Dilma

João Vitor Pascoal - Diario de Pernambuco

Publicação: 14/05/2014 12:51 Atualização: 14/05/2014 13:55

Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press/Arquivo
Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press/Arquivo
Pré-candidato do PSB ao Senado, Fernando Bezerra Coelho disse hoje (14) que o PSDB precisa ter, em Pernambuco, a mesma lealdade que pede ao PSB em outros estado. Ele citou o exemplo do deputado estadual Daniel Coelho (PSDB), que se declarou independente e se mostra como um dos principais representantes da oposição ao governo do PSB na Assembleia Legislativa. "Daniel Coelho também tem que começar a fazer campanha para Paulo Câmara (pré-candidato ao governo pelo PSB)", afirmou, complentando que, se o PSDB está na aliança com o PSB, ele tem que se integrar.

Fernando Bezerra, que foi ex-ministro da Integração Nacional, também afirmou que o cenário nacional está mudando muito, o que pode levar a uma disputa no segundo turno entre o senador Aécio Neves (PSDB) e o governador Eduardo Campos (PSB). Ele falou sobre o assunto uma semana depois de dar entrevista ao Diario e admitir que Eduardo poderia apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT) num eventual segundo turno.

Segundo Bezerra, Paulo Câmara interpelou judicialmente Armando Monteiro (PTB) e João Paulo (PT), postulantes ao executivo estadual e ao Senado, respectivamente. A atitude do socialista foi motivada pela denúncia realizada pelo petista de que a Frente Popular estaria utilizando a máquina do estado para atrair os prefeitos do PT e PTB. De acordo com João Paulo, um prefeito, em conversa com ele e Armando, afirmou que foram oferecidas obras, em troca de apoio à pré-candidatura de Câmara. Entre as obras, estariam ações voltadas para o abastecimento de água, além do calçamento de algumas ruas no valor de R$ 1 milhão.

O ex-ministro contou que Armando Monteiro e João Paulo foram denunciados no Supremo Tribunal Federal pela Frente Popular, enquanto a queixa contra o prefeito que teria feito a denúncia foi feita no Tribunal de Justiça de Pernambuco. "Esse é um discurso velho que, na campanha passada, foi utilizado e não deu em nada e nessa campanha também não vai dar em nada", afirmou o socialista, se referindo ao discurso adotado pelo então candidato Jarbas Vasconcelos (PMDB) na campanha de 2010. Jarbas, atualmente, trabalha em favor da eleição de Paulo Câmara.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.