• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Evitando troca de farpas » Aécio Neves vê "armadilha" do PT em ataques de Marina Durante evento em SP, Aécio evitou entrar na queda de braço com a postulante a cadeira de vice

Naira Trindade - Correio Braziliense

Publicação: 09/05/2014 08:43 Atualização: 09/05/2014 10:57

Foto: Orlando Brito/Divulgação
Foto: Orlando Brito/Divulgação

A dois meses do início oficial das campanhas eleitorais, pré-candidatos à Presidência da República intensificam a troca de farpas. Postulante à cadeira de vice na corrida ao Planalto, a ex-ministra Marina Silva (PSB) atacou o senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB) ao afirmar, em entrevista à Folha de S.Paulo, que a campanha dele tem “cheiro de derrota”. Em resposta, Aécio comentou que Marina “caiu na armadilha do PT, que é dividir a oposição”.

Ao reagir, o tucano evitou entrar na queda de braço com Marina. Disse que os concorrentes ao Planalto devem ter “a humildade” de deixar a decisão da vitória ou da derrota “para o eleitor”. “Eu concordo em grande parte com o que a Marina disse. Nós temos divergências e não devemos ter receio de discuti-las, como não devemos ter receio de mostrar nossas convergências”, disse Aécio ontem em evento em São Paulo. “Nesses 15 anos, se eu me especializei em alguma coisa foi em derrotar o PT sucessivamente”, completou.

 

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Rosimar Pereira
Parabens Aécio, embora eu vote em Eduardo, acho que voce tá certo quando não aceita dividir as oposições. No 2º turno tô quem for oposição. Bom seria se ficasse Eduardo e Aécio, tranquilidade! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.