• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Críticas » Marina critica tentativa de se igualar Eduardo Campos a Aécio Neves Segundo pré-candidata, estão tentando "sequestrar" o olhar do cidadão

Filipe Barros - Diario de Pernambuco

Publicação: 08/05/2014 11:47 Atualização: 08/05/2014 12:38

Se queixando das comparações feitas entre Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB),  a pré-candidata à vice-presidência pelo PSB, Marina Silva, afirmou que “ o PSDB sabe que já tem o cheiro da derrota no segundo turno e o PT já aprendeu que a melhor forma de ganhar é contra o PSDB”. Segundo Marina, Eduardo Campos estará no segundo turno e “é sem dúvida mais competitivo que Aécio".

Na entrevista concedida à Folha de São Paulo, a pré-candidata afirmou acreditar num "fastio” da população em relação à “polarização entre PT e PSDB e mostrou irritação com a comparação feita entre o socialista e o tucano.“Se tem tanto interesse em dizer que é igual é porque sabem que é diferente. Estão tentando sequestrar essa diferença do olhar do cidadão, do olhar do eleitor, então será uma perda de tempo ficar querendo mostrar no detalhe aonde está essa diferença”.

“A diferença vai estar com certeza nas trajetórias de vida e em algumas propostas estruturantes. A gente tem que parar com essa história de querer diluir as diferenças. Quando alguém fica muito ansioso para dizer que é igual, é porque sabe que é diferente”, disse Marina afirmando que alguns governos tiveram suas marcas como o de Itamar Franco, com a introdução democrática, o de Fernando Henrique, com a estabilidade econômica, e Luis Inácio Lula da Silva com a inclusão social. "Mas o governo Dilma tem a marca do retrocesso", disparou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.