• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Senado » Humberto Costa defende José Dirceu e ataca promotora que pediu quebra de sigilo telefônico

Agência Senado

Publicação: 22/04/2014 18:00 Atualização:

O líder do PT, senador Humberto Costa (PE), pediu nesta terça-feira (22) em Plenário que o Senado represente junto ao Conselho Nacional do Ministério Público contra a promotora de justiça Márcia Milhomens Correia. Humberto Costa ressaltou que a promotora requereu, na Justiça, a quebra do sigilo telefônico de autoridades dos três Poderes, em Brasília, inclusive de senadores e deputados federais, para apurar eventual uso de aparelho celular pelo ex-ministro José Dirceu de dentro da prisão da Papuda, onde cumpre pena referente ao processo do mensalão. O pedido da promotora, na opinião de Humberto Costa, é ameaçador.

O senador criticou ainda o desrespeito à lei no caso dos condenados no processo do mensalão, especialmente quanto a José Dirceu. Ele está preso desde novembro de 2013, apesar de ter direito de cumprir a pena no regime semi-aberto, com direito a sair durante o dia para trabalhar.

Para Humberto Costa, o que se exige para José Dirceu não é um simples privilégio, mas o respeito à lei, que se for descumprida, coloca em risco a própria democracia.

"É necessário que se apure toda e qualquer denúncia contra eventuais privilégios, mas é inaceitável a adoção de atitudes totalitárias em desprezo às leis e aos poderes constituídos, passando-se por cima de tudo e de todos, numa perseguição implacável a alguns desafetos", afirmou o senador.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.