• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Senado » Manifestantes levam ao Senado 350 mil assinaturas pela aprovação do marco civil da internet Uma manifestação organizada pela rede Avaaz e apoiada por diversas entidades da sociedade civil levou ao Senado 350 mil assinaturas virtuais pedindo a aprovação do marco civil da internet

Agência Senado

Publicação: 22/04/2014 19:00 Atualização:

Com a discussão da matéria no Plenário da Casa nesta terça-feira (22), os responsáveis pela petição online buscaram o apoio dos senadores para a votação do texto de forma integral preservando os conceitos de neutralidade da rede, liberdade de expressão e a privacidade do usuário.

"O Brasil vai se tornar, com a aprovação do marco civil, o primeiro grande país a consolidar a neutralidade da internet na sua legislação", disse o diretor de campanhas da Avaaz, Michael Freitas Mohallem.

A mobilização foi iniciada pelo músico, e ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil. Os organizadores explicaram que o texto do projeto começou a ser debatido em 2007 com o envolvimento de milhares de pessoas. Eles afirmaram que campanha não representa um acordo das bancadas, mas a vontade da sociedade brasileira, das empresas de telecomunicações, de setores da segurança pública e do Ministério Público.

O texto que veio da Câmara tramita no Senado desde 26 de março, foi distribuído para três comissões e aprovado em duas, com emendas de redação.

Os manifestantes pediram que o projeto (PLC 21/2014) não fique preso em meio a disputa entre oposição e governo. Senadores de vários partidos se uniram à campanha e prometeram empenho na votação de urgência para a matéria.

Para o líder do governo, Eduardo Braga (PMDB-AM), trata-se de um passo "decisivo e importantíssimo" para o país. O líder do PSOL, Randolfe Rodrigues (AP), afirmou que o marco civil coloca o Brasil como "protagonista de uma agenda de vanguarda".

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), lembrou que este é apenas o início de um longo processo e destacou a importância da aprovação dessa legislação a tempo do evento internacional de governança da internet, que acontece em São Paulo nesta quarta (23).
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.