• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Estrangeiros » População da Espanha registra queda com saída de estrangeiros

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 22/04/2014 14:27 Atualização:

Imigrantes embarcam no aeroporto de Madri de volta para o Equador. Foto: Javier Soriano/AFP Photo
Imigrantes embarcam no aeroporto de Madri de volta para o Equador. Foto: Javier Soriano/AFP Photo
A população da Espanha caiu em 2013, pelo segundo ano consecutivo, a 46,7 milhões de pessoas, em consequência da saída de vários estrangeiros do país, abalado pela crise econômica.

Em 1º de janeiro de 2014 o país tinha 46.725.164 habitantes, o que representa 404.619 pessoas a menos (-0,9%) que um ano antes, segundo dados provisórios do Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

O número de residentes espanhóis até registrou leve alta, de 0,3%, a 41,7 milhões, mas o de estrangeiros caiu 9,8%, a cinco milhões.

As pessoas nascidas nos países da União Europeia foram particularmente numerosas em abandonar o país, com uma queda de 13,3%, a dois milhões.

A principal comunidade estrangeira na Espanha, os romenos, viram sua população cair em 8,6%, a 795.500.

Mas as quedas mais expressivas vieram de britânicos (-22,8%, a 297.300), alemães (-23,6%, a 138.900), portugueses (-15,3%, a 109.400) e franceses (-12,7%, a 102.900).

A Espanha também registrou a queda expressiva de sul-americanos, tradicionais imigrantes no país.

Entre as principais nacionalidades presentes na Espanha, apenas a comunidade chinesa registrou alta em 2013, de 2%, com 185.250 pessoas.

A Espanha sofre há mais de cinco anos com a crise econômica, que elevou a taxa de desemprego a mais de 26%.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.