• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Afinação » Visita de Dilma vai favorecer João Paulo e Armando Monteiro Mesmo assim, petista e petebista reforçam que agenda da presidente será administrativa e não eleitoral

Franco Benites

Publicação: 10/04/2014 08:26 Atualização: 10/04/2014 11:03

Para Armando Monteiro, a recepção não resultará em nenhum tipo de embaraço. Foto: Guilherme Verissimo/ESP.DP/D.A PRESS (Guilherme Verissimo/ESP.DP/D.A PRESS)
Para Armando Monteiro, a recepção não resultará em nenhum tipo de embaraço. Foto: Guilherme Verissimo/ESP.DP/D.A PRESS

A reação do senador Armando Monteiro (PTB) e do deputado federal João Paulo (PT) foi, pelo menos publicamente, bem comedida em relação à notícia da visita da presidente Dilma Rousseff (PT) a Pernambuco na próxima semana. Pré-candidatos ao governo estadual e ao Senado, respectivamente, eles mostraram afinação no discurso ao tirar qualquer peso eleitoral do evento e enfatizar o caráter administrativo da agenda da petista.

Dilma irá inaugurar o navio Dragão do Mar, construído no Estaleiro Atlântico Sul, no Complexo Industrial e Portuário de Suape. Armando negou que sua pré-campanha entre em um novo momento com a visita da presidente. “É uma agenda administrativa. É algo previsto e ela viria ao estado mesmo que não existisse uma pré-candidatura”, falou.

O mesmo discurso teve João Paulo, que hoje estará em São Paulo para tentar um encontro com Lula (PT) no instituto que o ex-presidente mantém na capital paulista. “Será uma agenda administrativa. Se há alguma outra programação, não estou sabendo”, disse. Desde o fim de março, o petista e Armando Monteiro evitam colocar muitos holofotes em cima de possíveis eventos com Dilma e Lula e reforçam a tese de que não dependerão de qualquer tipo de “padrinho” na pré-campanha.

A presença de Dilma em Pernambuco ocorrerá dois dias após o ex-governador Eduardo Campos (PSB) oficializar a pré-candidatura à presidência. Com o socialista fora do comando estadual, caberá ao governador João Lyra (PSB) receber a presidente. Para Armando Monteiro, a recepção não resultará em nenhum tipo de embaraço para a petista e seus aliados no estado. “É uma visita institucional. E Lyra é uma pessoa cordial e educada. Dilma será bem recebida”.

Apesar dos discursos destacarem o viés administrativo da agenda de Dilma, as equipes de pré-campanha de Armando Monteiro e João Paulo devem marcar presença no evento para registrar cenas dos três juntos em Suape.

Hoje, Armando Monteiro estará na Bahia para participar do evento de posse do presidente da Federação das Indústrias de Salvador. A agenda do senador para o final de semana deverá ser fechada até o fim do dia, mas ele já adiantou que seu foco em abril seria menos nas viagens pelo estado e mais nas costuras políticas para tentar atrair o apoio do PP e do PDT para a sua chapa. Até agora estão com Armando PT, PSC, PROS e PRB, esse conquistado na última segunda-feira, mas dividido. O senador ainda nutre a esperança de agregar também o Solidariedade.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.