• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Senado » Humberto Costa manifesta indignação com ataques à Petrobras

Agência Senado

Publicação: 08/04/2014 19:37 Atualização:

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse estar indignado com os ataques contra a Petrobras feitos pela oposição e pela imprensa para, por via indireta, desgastar o governo num ano eleitoral.

Humberto Costa lembrou que as denúncias contra funcionários da companhia já estão sendo apuradas pelo Tribunal de Contas da União, pelo Ministério Público e pela Polícia Federal e podem, inclusive, ser investigadas por uma comissão parlamentar de inquérito.

Mas, ao contrário do que dizem os oposicionistas e divulga da empresa, observou Humberto Costa, a gestão da Petrobras é eficiente. Ele disse que isso pode ser comprovado com dois novos recordes batidos pela companhia no mês de março: produção de 387 mil barris/dia dos poços do pré-sal e refino diário de 2,1 milhões de barris.

Por isso, ressaltou, não é de se estranhar que o lucro líquido da empresa tenha sido de R$ 23,6 bilhões em 2013, 11% maior do que em 2012.

"Para 2014, nossa produção deve crescer em sete e meio por cento, graças à conclusão inédita, em 2013, de nove plataformas que adicionaram mais de um bilhão de barris por dia à capacidade produtiva brasileira. Esses são fatos que a oposição não registra, esses são fatos que a grande imprensa publica no pé de página dos seus jornais", disse o senador.

Humberto Costa disse acreditar que a campanha contra a Petrobras atende ainda a interesses de especuladores. Ele lembrou que, no início das denúncias, o valor das ações da companhia caiu. Com essa queda, os especuladores compraram os papéis, que agora se valorizaram e geraram lucros.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.