• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Agenda presidencial » Minha Casa, Minha Vida entrega 2,5 mil unidades no interior de São Paulo

Agência Brasil

Publicação: 04/04/2014 14:58 Atualização: 04/04/2014 16:07

Presidenta Dilma Rousseff visita a casa da senhora Gislaine Aparecida de Oliveira durante cerimônia de entrega de 2.508 unidades habitacionais dos Parques Residenciais da Lealdade e da Amizade, do Programa Minha Casa Minha Vida. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Presidenta Dilma Rousseff visita a casa da senhora Gislaine Aparecida de Oliveira durante cerimônia de entrega de 2.508 unidades habitacionais dos Parques Residenciais da Lealdade e da Amizade, do Programa Minha Casa Minha Vida. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
A presidente Dilma Rousseff participou nesta sexta-feira (4) da cerimônia de entrega de 2.508 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, e voltou a afirmar que as casas entregues são um direito, e não um favor feito pelo governo aos beneficiados.

“Quando vocês abrirem a porta e entrarem em casa, entrem de cabeça erguida. A casa é de vocês. O dinheiro vem do imposto que cada um de nós paga neste país. Vocês não devem nada a ninguém. Este dinheiro que estamos colocando aqui é dinheiro pago por todos os brasileiros. Por isso, entrem na casa de cabeça erguida, ela é de vocês”, disse a presidente, durante discurso.

Dilma reafirmou que o governo deve lançar a terceira etapa do Minha Casa, Minha Vida neste ano para incluir famílias que ficaram de fora da lista de beneficiados na segunda fase. Na segunda etapa do programa, a meta é entregar 2,75 milhões de moradias até o fim deste ano.

No discurso, a presidente destacou que é obrigação do governo oferecer oportunidades para que a vida das pessoas melhore e, por isso, os programas sociais são prioridade de sua gestão. “Temos régua para medir tudo. E como é a régua de medir governo? É a capacidade que o governo tem de ajudar as pessoas a melhorar de vida. Eu sei que é necessário melhorar a mobilidade urbana, o abastecimento de água. Agora, é também importante ter casa, ter educação, ter médico, é isso que estamos fazendo”, listou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.