• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Despedida » Eduardo participa de missa em Ação de Graças em Casa Forte

Filipe Barros - Diario de Pernambuco

Publicação: 04/04/2014 09:01 Atualização: 04/04/2014 10:37

Foto: João Vitor Pascoal/Esp.DP/D.A Press
Foto: João Vitor Pascoal/Esp.DP/D.A Press
O governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB) participa neste momento ao lado da primeira-dama, Renata Campos, dos filhos, amigos e auxiliares de uma missa em Ação de Graças, na Igreja de Casa Forte, para marcar sua despedida do governo de Pernambuco. O padre Edwaldo Gomes, amigo da família do governador e pároco da matriz, é o responsável pela cerimônia religiosa. A missa é uma das solenidades de despedida do socialista, após sete anos e três meses de gestão.

No início da celebração, Eduardo Campos agradeceu a oportunidade e a confiança dos pernambucanos. Em seguida, disse que, daqui para frente, espera ajudar mais o povo de Pernambuco e do Brasil. O padre Edwaldo Gomes também agradeceu as ações de Eduardo como governador. "Só Deus sabe o que é melhor para ele e para o Brasil. E que Deus dê governança à altura da missão de gerir o estado e o país", afirmou. Em seguida, o padre desejou sorte a João Lyra Neto (PSB), sucessor do governador.

Foto: João Vitor Pascoal/Esp.DP/D.A Press
Foto: João Vitor Pascoal/Esp.DP/D.A Press
Um dos momentos mais emocionantes da missa foi quando o terceiro filho de Eduardo, Pedro, cantou a música Faz um milagre em mim, de Régis Danese. A letra fala sobre a passagem bíblica em que Zaqueu, para ver uma pregação de Jesus, precisou subir numa árvore por causa da baixa estatura. O gesto chamou a atenção de Jesus que o abençoou. "Entra na minha casa/ entra na minha/ mexe com minha estrutura/ sara todas as feridas/ me ensina a ter santidade/ quero amar somente a ti/ porque o Senhor é meu bem maior/ faz um milagre em mim."

João Lyra acompanha a missa em Casa Forte. Além dele, estão o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), Paulo Câmara, pré-candidato do PSB ao governo do estado, todos os secretários e alguns deputados.

À tarde, Eduardo Campos transmite o cargo para seu sucessor, o vice João Lyra Neto (PSB). A solenidade está marcada para as 17h no Palácio do Campo das Princesas. Antes disso, Lyra será empossado na Assembleia Legislativa.

Ontem, o governador assinou a renúncia, que foi entregue à Assembleia pelo secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar. No Diário Oficial desta sexta-feira (4), foram publicadas a renúncia de Eduardo e a exoneração dos 22 secretários estaduais. João Lyra já indicou os nomes dos substitutos e daqueles que permancerão na gestão. Eles também serão empossados nesta tarde.

Com informações do repórter João Vitor Pascoal, especial para o Diario de Pernambuco

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.