• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cidadania » Eleitores que tiveram o título de eleitor cancelado tem até o dia 7 de maio para se regularizar

Filipe Barros - Diario de Pernambuco

Publicação: 03/04/2014 10:25 Atualização: 03/04/2014 10:53

Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press/Arquivo
Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press/Arquivo
Os 154 mil eleitores de Pernambuco que não realizaram o recadastramento biométrico até a última segunda-feira (31) e tiveram os títulos cancelados poderão reativar o documento por meio de agendamento até o dia 7 de maio. No Recife, município mais atrasado na biometria (86,79%), segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), 122 mil eleitores não estão em dia com a Justiça Eleitoral e devem procurar os dez postos de atendimento em funcionamento - o único que não atenderá ao público é o do campus da UFPE. Pernambuco fechou o prazo com 1.925.078 eleitores recadastrados, o que representa 12% da população nacional que atingiu 14 milhões.

Desde a última terça-feira (1º), o TRE está recebendo os retardatários para a regularização do título. Para evitar confusões e tumultos, a partir da próxima segunda-feira (7), só será atendido quem fizer agendamento através do telefone 3194-9400 ou acessando o site www.tre-pe.jus.br. É necessária a apresentação dos documentos de identidade, o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e do comprovante de residência. O eleitor que não comparecer para o recadastramento até o dia 7 de maio, não estará apto a votar nas eleições deste ano e só poderá recuperar o documento após as eleições. Até esta data também serão atendidos os eleitores que quiserem mudar o domicílio eleitoral, fazer o alistamento do primeiro título ou tirar a segunda via. O cancelamento provoca a perda de direitos como emissão de passaporte, inscrição em benefícios sociais como o Programa Bolsa Família, tomada de posse em concursos e matrícula em instituições públicas.

Apesar das longas filas constatadas na última segunda-feira (31) nos pontos de atendimento do TRE do Recife, no dia seguinte, o movimento foi considerado tranquilo. Segundo a coordenadora de biometria  do TRE, Raquel Salazar, o tribunal aconselha que o eleitor compareça o mais rápido possível aos pontos de atendimento. "Esperamos que o eleitor que não fez o processo compareça o quanto antes aos postos e não deixe para última hora, provocando aquelas longas filas que vimos na segunda-feira passada", alertou Raquel.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.