• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Palanques estaduais » Candidaturas estaduais serão decididas pelos diretórios do PSB

Júlia Schiaffarino

Publicação: 01/04/2014 09:55 Atualização:

Com a mudança do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), para São Paulo, no próximo dia 14, todos os esforços do socialista estarão voltados para a candidatura à Presidência da República. Até agora, Eduardo, que é presidente nacional do PSB, tem se desdobrado entre impasses do partido em estados-chave, como o Rio de Janeiro, e na "preparação de caminho" para o nome que disputa a sucessão em Pernambuco, o do secretário estadual da Fazenda, Paulo Câmara. "A gente vai cuidar (a partir do dia 14) é da agenda nacional, do debate de programa, e as direções estaduais vão resolvendo os seus problemas", disse ontem, ao comentar os compromissos que terá depois da próxima sexta-feira (4), quando deixa o Palácio do Campo das Princesas.

O único dos "problemas" estaduais, porém, que o governador deve continuar acompanhando de perto será São Paulo. Lá permanece o imbróglio sobre o lançamento de candidatura própria e o nome para a disputa, algo que reflete diretamente na corrida de Campos ao Planalto. De acordo com o presidente do PSB paulista, Márcio França, a presença do presidente nacional da sigla será fundamental para se chegar a um entendimento e "bater o martelo".

Na semana seguinte à desincompatibilização, Eduardo vai se dedicar à família. "Eu vou ficar de domingo até o outro sábado com Renata (a esposa) e as crianças. Foi uma pactuação, um termo de ajuste de conduta que eu assinei em casa e não vou quebrar", brincou

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.