• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Golpe militar » Câmara de Olinda devolve mandatos a prefeito e vereadores cassados

João Vitor Pascoal - Diario de Pernambuco

Publicação: 31/03/2014 10:00 Atualização: 31/03/2014 10:17

Os 50 anos do golpe militar de 1964 não passarão em branco nas principais casas legislativas do estado. As câmaras de vereadores de Olinda e do Recife, e a Assembleia Legislativa do estado vão prestar homenagens para marcar a resistência dos que tiveram sua liberdade violada e seus direitos políticos cassados por sua luta pela democracia.

Nesta terça-feira (1°), às 15h, a Câmara de Olinda vai realizar um ato de repúdio contra o golpe, quando serão restituídos simbolicamente os mandatos do prefeito Eufrásio Barbosa e dos vereadores Antônio Marques Dourado, Roberval de Souza Lopes e Antonio Bezerra Gomes. Serão homenageados também vereadores que votaram contra a cassação de Eufrásio, além dos depostos pelo governo de Getúlio Vargas.

Na ocasião, também será restituído o mandato do prefeito Marcos Freire, que após o Ato Institucional número 1 (AI1) (que aboliu os partidos políticos) teve que se filiar ao MDB e foi eleito prefeito de Olinda. Porém, renunciou dois dias após eleito, por ameaças recebidas por ter posições contrárias ao regime.De acordo com o vereador Marcelo Santa Cruz (PT), o ato de repúdio é importante para relembrar quem lutou contra a arbitrariedade militar. "As gerações que vêm depois devem reconhecer a história e resgatar a memória dessas pessoas que se arriscaram em busca da liberdade", ressalta.  

Também no dia 1° de abril, o presidente da Comisão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação da Assembleia, Betinho Gomes (PSDB), vai fazer um pronunciamento sobre o cinquentenário da golpe. "O povo brasileiro precisa relembrar essa data para saber da importância da democracia para uma sociedade que pode se expressar com liberdade", destacou. Os mandatos dos deputados estaduais cassados no período da ditadura militar já foram "devolvidos" em junho de 2012. Na ocasião, 25 deputados eleitos democraticamente e depostos foram homenageados.

Na câmara do Recife, a restituição dos mandatos dos seis vereadores depostos também foi realizada em 2012, no mês de dezembro, em sessão solene proposta pela vereadora Marília Arraes (PSB). Na ocasião, além da "reemposse" simbólica dos antigos integrantes do Legislativo recifense, uma placa com os nomes de todos os vereadores cassados foi inaugurada no pátio da Câmara.Para o cinquentenário do golpe, está prevista uma sessão solene durante o grande expediente da quarta-feira(02). Na ocasião, além dos vereadores cassados, as pessoas mortas e desaparecidas durante a ditadura serão contempladas com homenagens.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: José Silva
Após os 21 anos de ditatura militar, a "abertura" (para as classes dominantes, é claro). | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.