• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições 2014 » Eduardo Campos faz balanço da secretaria de Meio Ambiente Colocando discursos em sintonia, Eduardo Campos falou em sustentabilidade no programa eleitoral e apresentou balanço da secretaria de Meio Ambiente

Júlia Schiaffarino

Publicação: 28/03/2014 22:34 Atualização:

No dia seguinte ao programa eleitoral no qual o presidenciável Eduardo Campos e a ex-senadora Marina Silva “trocaram discursos” na TV sobre desenvolvimento sustentável e “nova política”, o governo do estado apresentou um balanço dos últimos três anos da secretaria de Meio Ambiente. Uma apresentação com direito a cifras de investimento, assinatura de decretos para criação de áreas de preservação e protocolos de cooperação em uma espécie de “pacote verde” a uma semana do socialista se desincompatibilizar do cargo para entrar oficialmente na disputa.

“Não se trata de pacote, até porque eu não acredito em pacotes, eu acredito em política. Foi um relato do que se fez durante os três anos”, resumiu-se a dizer o governador de Pernambuco Eduardo Campos quando comentou sobre o momento em que o envento ocorria. Ao discursar após a assinatura dos documentos o presidenciável ressaltou a importância desenvolvimento econonômico com sustentabilidade. Ele também lembrou o ingresso do PV, que chegou a ser oposição no governo.
A sigla Verde havia disputado as eleições de 2010 em oposição a Campos e tendo como candidato ao governo Sérgio Xavier, hoje secretário de Meio Ambiente. Foi ele quem apresentou o balanço da pasta ontem. “É preciso correr o risco da incompreensão para se poder fazer o novo. Avançamos quando temos humildade para sentar na mesa e conversar e ver que o que o outro lado coloca pode ser o melhor”, falou Campos elogiando a atitude de Xavier no início do governo.

Ao mostrar o balanço da secretaria, Sérgio Xavier também buscou reforçar o que classificou como “provas” que o governo havia transversalizado as políticas ambientais. “Aumentamos em 382% as áreas de preservação de caatinga e mata atlântica em três anos. Nunca antes na história de Pernambuco isso ocorreu”, falou. Xavier é citado como um dos principais articuladores da aproximação entre o governador e a ex-senadora Marina Silva. Ele também se desincompatibiliza do cargo no próximo dia 4 de abril e deverá participar da equipe de coordenação da campanha presidencial.

Programa eleitoral


Ao comentar o programa eleitoral do PSB veiculado na última quinta-feira (27) Campos afirmou ter ficado “impressionado com a repercussão”. “A quantidade de mensagens que recebi. Muitas pessoas disseram que gostaram da forma e gostaram do conteúdo”. Ele afirmou ter telefonado para Marina Silva para comentar o assunto na mesma noite.  (Leia mais em Vida Urbana)

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.