• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Paulo Câmara » No interior com as próprias pernas

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Publicação: 28/03/2014 10:18 Atualização: 28/03/2014 11:18

Foto: PSB/Divulgação
Foto: PSB/Divulgação

O pré-candidato da Frente Popular ao governo do estado, o secretário da Fazenda, Paulo Câmara (PSB), começa a dar os primeiros passos longe do seu padrinho político, o governador Eduardo Campos (PSB). Hoje, o socialista cumprirá agenda nos municípios de Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, no Agreste pernambucano.

A convite do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), e na condição de secretário, Paulo Câmara irá participar de uma reunião com representantes do polo de confecção da região. Um compromisso administrativo e não político, segundo sua assessoria. O encontro será na Câmara Municipal, a partir das 9h30. À tarde, o socialista fará uma visita ao município de Toritama, cidade que também consolidou o comércio de confecções.

Desde a confirmação do nome dele para disputar à sucessão estadual, Câmara tem percorrido o interior na companhia de Eduardo Campos e demais integrantes da chapa majoritária da coligação socialista, o deputado federal Raul Henry (PMDB), pré-candidato a vice-governador e o ex-ministro da Integração Fernando Bezerra Coelho (PSB), que concorrerá ao Senado.

Os compromissos são marcados geralmente nos finais de semana, com a realização da Agenda 40, uma mobilização do PSB para tornar o pré-candidato conhecido junto às lideranças políticas regionais. Dessa vez, Paulo Câmara irá caminhar com as próprias pernas. Ele irá a Santa Cruz do Capibaribe e Toritama com uma equipe de auxiliares da Secretaria da Fazenda, sem a presença de aliados políticos.

Na reunião, vai conversar com representantes de uma área que também mereceu atenção de Eduardo Campos, em 2006, quando o socialista disputou seu primeiro mandato para o governo do estado. Na época, prometeu reduzir o percentual do ICMS para fomentar o setor. O incentivo seria para ajudar os comerciantes e oferecer condições para a formalização do serviço. Paulo Câmara segue o mesmo caminho.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.