• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Indignação » Aloysio Nunes considera escândalo retirada de apoio a CPI

Agência Senado

Publicação: 27/03/2014 17:09 Atualização:

O líder do PSDB, senador Aloysio Nunes Ferreira (SP), considera um escândalo as notícias de que governistas vão tentar convencer senadores que assinaram o requerimento de criação da CPI da Petrobrás a retirarem suas assinaturas. Para ele, quem retirar o apoio "estará condenado à execração pública".

Aloysio Nunes Ferreira lembrou que a Constituição garante ao Legislativo o poder de fiscalização e, no caso de uma comissão parlamentar de inquérito, o poder equivalente ao das autoridades judiciárias, e o Congresso Nacional não pode se eximir desse dever, afirmou:

"E é preciso, portanto, que esse assunto que está sendo investigado pelo Tribunal de Contas, pelo Ministério Público, possa ser também investigado pelo Senado da República, pelo Congresso Nacional. Por que o Congresso Nacional terá um grau de responsabilidade menor face aos cidadãos brasileiros do que têm o Ministério Público e o Tribunal de Contas? A menos que nos coloquemos numa posição subalterna em relação a esses órgãos que estão apurando, como devem apurar esses fatos, o que não nos exime do dever de nós mesmos apurarmos com os poderes próprios das autoridades judiciais mediante uma CPI",  explicou.

Aloysio Nunes Ferreira avaliou que prejuízos bilionários que estão sendo impostos à Petrobrás prejudicam a todos. Ele incluiu nesse grupo os pequenos investidores, entre eles os 320 mil trabalhadores que em 2012 sacaram seus recursos do FGTS para comprar ações da Petrobras e estão perdendo dinheiro.

O senador citou como exemplo um trabalhador que na ocasião tinha R$ 10  mil investidos em ações da empresa. Em um ano, disse Aloysio Nunes, o dinheiro desse investidor caiu para  R$ 8.600,00.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.