• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Memória » Assembleia Legislativa lembra os 30 anos das Diretas Já

Publicação: 27/03/2014 14:33 Atualização:

O movimento político pelas Diretas Já foi lembrado pelo Legislativo estadual, na manhã desta quinta-feira (27), durante o grande expediente especial proposto pelo deputado Isaltino Nascimento (PSB). A iniciativa ocorreu em 1984 e contou com grande participação popular. A ação era favorável à emenda do então deputado Dante de Oliveira que restabeleceria as eleições diretas para presidente da República. Mas, apesar da grande mobilização, a proposta foi derrotada e as eleições só ocorreriam em 1989.

O presidente da Casa, Guilherme Uchoa (PDT), presidiu a mesa e destacou o protagonismo de Pernambuco no movimento. O deputado disse que, em 31 de março de 1983, em Abreu e Lima, foi realizado o primeiro comício das Diretas Já. E lembrou que era o início da caminhada pela retomada da democracia no País.

Em seu pronunciamento, o deputado Isaltino Nascimento definiu as Diretas Já como um dos momentos históricos mais significativos do Brasil. Ele também enfatizou o primeiro comício, que reuniu cerca de 100 pessoas. O deputado disse que são raros os registros documentais sobre o ato, organizado por membros do MDB municipal, entre eles os ex-vereadores José da Silva Brito, Severino Farias e Reginaldo Pereira da Silva. Isaltino salientou que o espírito libertário está no DNA do povo pernambucano.

O coordenador da Comissão Estadual da Memória e Verdade, Fernando Vasconcelos, lembrou que, em termos de mobilização da resistência democrática, o movimento pela anistia foi precursor das Diretas Já.

Representando o ex-deputado federal Fernando Lyra, o vice-governador João Lyra Neto recordou o grande comício pelas Diretas em Caruaru, no Agreste. Ele disse que foi um dos organizadores do evento, junto com o militante político Bruno Maranhão. O movimento contou com a participação de mais de 10 mil pessoas, entre elas os ex-presidentes Lula e Fernando Collor e o ex-deputado Ulysses Guimarães.

Durante a solenidade, foram entregues placas comemorativas pela passagem dos 30 anos das Diretas Já a personalidades e instituições que se destacaram na luta pela redemocratização. Entre elas, Fernando Lyra, Gregório Bezerra, Dom Helder Câmara, Abelardo da Hora, Elzita Santa Cruz, OAB/PE, CUT, Movimento Tortura Nunca Mais e membros da Comissão da Verdade.

Da Assembleia Legislativa de Pernambuco

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.