• (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pesquisa CNI/Ibope » Popularidade do governo Dilma cai de 43% para 36%

Agência Brasil

Publicação: 27/03/2014 10:59 Atualização: 27/03/2014 14:33

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR (Roberto Stuckert Filho/PR)
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR


A popularidade do governo da presidente Dilma Rousseff caiu em março, na comparação com novembro do ano passado, segundo indicadores da pesquisa CNI-Ibope divulgada hoje (27) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com o levantamento, o percentual da população que avalia o governo dela como ótimo ou bom caiu de 43% para 36%. A aprovação da maneira de governar caiu de 56% para 51% no mesmo período.

De acordo com a CNI, a parcela da população que confia na presidente caiu de 52% para 48%, mas essa diferença está, segundo a entidade, no limite da margem de erro. A pesquisa CNI-Ibope fez 2002 entrevistas em 141 municípios, entre os dias 14 e 17 de março.

Segundo o levantamento, a popularidade do governo caiu em todos os estratos da população avaliados. No entanto, a queda foi mais intensa entre os que moram em municípios pequenos, com até 20 mil habitantes. Nesses municípios, o percentual dos que consideram o governo ótimo ou bom recuou de 59% para 44%.

A pesquisa mostra ainda que os brasileiros estão mais pessimistas em relação ao final do governo Dilma. O número de pessoas que espera que o restante do governo seja ótimo ou bom caiu de 45% para 36%. O percentual dos que acham que o final deste governo será ruim ou péssimo aumentou de 21% para 28%.

A avaliação do governo Dilma Rousseff também piorou quando comparada ao governo de Lula. O número de entrevistados que considera o governo Dilma pior que o de Lula subiu de 34% para 42%. Para 46% da população os dois governos são iguais.

Áreas
A pesquisa mostra que há descontentamentos em todas as nove áreas de atuação avaliadas. "O descontentamento aumentou mais notadamente com relação às políticas econômicas, refletindo maior preocupação com relação à inflação e ao desemprego", diz o levantamento. O percentual da população que desaprova as ações do governo no combate à inflação aumentou de 63% para 71%. E o número dos que desaprovam as políticas de combate ao desemprego subiu de 49% para 57%.

Confira a pesquisa na íntegra aqui.

 

Com Confederação Nacional de Indústria

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Felipe Santos
Os esqueletos das centenas de vacas e bois, no sertão não pode ficar impune. Centenas, milhares de crianças ficaram sem o leite por culpa da tirania e crueldade desse governo que nós brasileiros não queremos nunca mais. | Denuncie |

Autor: Felipe Santos
O país, a democracia, o povo nordestino, o povo de todo o Brasil virou refém de bandidos. O impeachment é eminente. A Seca Nordestina, é um crime contra a humanidade, um genocídio, superfaturamento às custas da escravidão de crianças, mulheres, homens, que adoeceram e morreram. | Denuncie |

Autor: Eduardo Levy
Depois de tudo que assistimos nos últimos anos com o PT(Lulla) o mesmo conseguir 36 % é uma demostração de um povo completamente desinformado, alienado é lamentável. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.