• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

DEFESA » Armando rebate acusação sobre campanha antecipada Para petebista, uso de outdoor foi feito de maneira legítima: 'Prestação de contas'

Publicação: 26/03/2014 18:00 Atualização: 26/03/2014 18:21

O senador e pré-candidato ao governo estadual Armando Monteiro (PTB) se pronunciou nesta quarta-feira (26) sobre a multa que recebeu Procuradoria Regional Eleitoral de Pernambuco (PRE-PE). Por meio de sua equipe de comunicação, o petebista se defendeu da acusação de fazer campanha eleitoral antecipada e explicou a utilização de outdoors com sua foto e mensagens para os pernambucanos. Confira, abaixo, a nota enviada pela assessoria de Armando.

Armando: outdoor é prestação de contas do mandato

Com relação à ação da Procuradoria Regional Eleitoral de Pernambuco (PRE-PE), a assessoria de comunicação do senador Armando Monteiro esclarece o seguinte:

A ação da Procuradoria Regional Eleitoral é equivocada e os advogados do senador Armando Monteiro já apresentaram sua defesa à Comissão Especial de Propaganda Eleitoral do TRE-PE.

Os outdoors são peças de prestação de contas do mandato, permitidas claramente pela legislação eleitoral. Veja o que diz a Lei 9.504/97, em seu Artigo 36-A, Inciso 4: “(Art. 36-A) Não será considerada propaganda eleitoral antecipada: (IV) - a divulgação de atos de parlamentares e debates legislativos, desde que não se mencione a possível candidatura, ou se faça pedido de votos ou de apoio eleitoral.”

[Armando pode ser multado em R$ 75 mil]Os outdoors reproduzem a posição do senador no ranking dos parlamentares brasileiros que “mais trabalharam em 2013 por um país moderno e competitivo”, publicado pela Revista Veja, a partir de critérios estabelecidos pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Armando Monteiro ficou em primeiro lugar entre todos os senadores e foi o único do Brasil a receber nota 10 por seu desempenho em todos os quesitos do Estudo. Entre os critérios estabelecidos pela Revista Veja e UERJ para definir o ranking, estão o de ser ficha limpa; trabalhar por uma carga tributária menor e mais simples; por mais infraestrutura e melhor gestão do gasto público; pela defesa de um sistema educacional racional e eficiente, entre outros.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.