• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ESTRATÉGIA » No PT, diálogo será arma para garantir apoio de prefeitos a Armando Presidente estadual do partido afirma que PSB faz pressão sobre lideranças petistas

Franco Benites

Publicação: 26/03/2014 17:41 Atualização: 26/03/2014 17:45

Após formalizar a união com o PTB para a disputa do governo do estado e do senado nas eleições deste ano, o PT se prepara para uma guerra com o PSB. O objetivo é evitar que o partido do governador e presidenciável Eduardo Campos consiga cooptar as lideranças petistas para o palanque do secretário da Fazenda e pré-candidato ao governo Paulo Câmara.

De acordo com a deputada estadual e presidente do PT em Pernambuco, Teresa Leitão, o cenário da disputa será marcado pelo acirramento até outubro. "A gente sabe que está havendo muita pressão (do outro lado). Pressão pela 'sedução', convites e ameaças veladas", comentou a líder petista.

Recentemente, o prefeito de Abreu e Lima, Marcos José, demonstrou que iria contra a vontade do PT e se alinharia à candidatura de Paulo Câmara. Teresa Leitão afirmou que posturas desse tipo não serão toleradas. "Essa posição (de pedir fidelidade partidária) já tinha sido tomada antes mesmo da decisão do nosso Encontro de Tática Eleitoral (que definiu a aliança do PT com a pré-candidatura do senador Armando Monteiro, do PTB, ao governo estadual). Ela está prevista inclusive em nosso código de ética", informou.

Segundo a presidente do PT, o partido tem o direito de abrir uma sindicância para expulsar os infiéis. No entanto, o diretório estadual vai apostar nas negociações com possíveis dissidentes. "Vamos atuar no diálogo político, mostrando aos prefeitos qual é o nosso projeto. Sabemos que há pressão, como foi feito recentemente no Congresso da Amupe, mas nada que o diálogo político não possa apurar", falou.

O PT comanda as prefeituras de Abreu e Lima, Jaqueira, Orocó, Serra Talhada, Surubim, Águas Belas, Custódia, Ibirajuba, Jatobá, Machados, São José do Egito, Tupanatinga e Vertente do Lério.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.