• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Legislativo » Comissão aprova requerimento para ouvir comandante do DOI Comissão de Constituição e Justiça aprovou, nesta quarta-feira, requerimento do líder do PDT, Vieira da Cunha (RS) e outros

Agência O Globo

Publicação: 19/03/2014 16:12 Atualização:

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou, nesta quarta-feira, requerimento do líder do PDT, Vieira da Cunha (RS) e outros para realizar reunião conjunta com as comissões de Relações Exteriores e de Direitos Humanos, para ouvir o general reformado do Exército, José Antônio Nogueira Belham. O general era o comandante do Destacamento de Operações e Informações (DOI) do I Exército durante a ditadura, no período em que o deputado Rubens Paiva desapareceu.


Belham será chamado para falar sobre as circunstâncias da prisão, tortura, morte e ocultação de cadáver de Rubens Paiva. Nesta quarta-feira, Vieira também foi à Comissão de Relações Exteriores para aprovar o requerimento e deve fazer o mesmo na Comissão de Direitos Humanos. Segundo ele, a ideia é fazer uma sessão conjunta, mas para isso é preciso aprovar o requerimento nas três comissões.

A decisão de chamar Belham para informar o paradeiro do corpo de Rubens Paiva foi tomada ontem, após o coordenador da Comissão Nacional da Verdade, Pedro Dallari, entregar relatório produzido pela comissão ao presidente da Câmara Henrique Alves (PMDB-RN) sobre a morte do deputado.

A comissão concluiu que o general saberia o destino dado ao corpo de Rubens Paiva, embora o general tenha alegado à comissão que estaria de férias na morte do deputado.

Vieira da Cunha não descartou até mesmo a possibilidade de criação de uma CPI para convocar o general. Mas afirmou que em um primeiro momento, a medida imediata será a realização de uma reunião conjunta das comissões permanentes.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.