• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Infraestrutura » Dilma entrega obras do Água para Todos e máquinas a prefeituras cearenses

Agência Brasil

Publicação: 19/03/2014 08:11 Atualização: 19/03/2014 08:55

Cumprindo agenda no Ceará, a presidente Dilma Rousseff participa hoje (19) da entrega de maquinário agrícola e da inauguração de obras de infraestrutura hídrica. Em Fortaleza, prefeitos de 141 municípios vão receber equipamentos e veículos que visam a melhorar a qualidade das estradas locais. Ainda na capital, o trecho 5 do Eixão das Águas será inaugurado com o objetivo de complementar a oferta de água no estado. Em Sobral, Dilma participa de cerimônia do Programa Água para Todos.

Às 10h30, as chaves de 172 máquinas serão entregues a prefeitos de municípios com até 50 mil habitantes. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), foram investidos quase R$ 50 milhões na compra de duas motoniveladoras, 41 caminhões-caçamba, 59 caminhões-pipa e 70 pás carregadeiras.

A participação da presidente nesse tipo de doação tem sido frequente nos últimos meses. Segundo o MDA, cada cidade desse porte vai receber pelo menos um caminhão-caçamba, uma motoniveladora e uma retroescavadeira. A intenção do governo é entregar, até o fim deste semestre, 18 mil máquinas. De acordo com Dilma, o programa atende aos locais mais frágeis e que concentram parte significativa da produção agrícola nacional.

A inauguração do trecho 5 do Eixão das Águas vai beneficiar 4,2 milhões de habitantes de quatro cidades da região metropolitana de Fortaleza: Pacatuba, Maracanaú, Caucaia e São Gonçalo do Amarante. Do total de R$ 1,5 bilhão investido na obra, R$ 315 milhões foram destinados a esse trecho.

Às 16h, Dilma participa de cerimônia do Programa Água para Todos, onde 363 certificados serão entregues para a implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água. Segundo o Ministério da Integração Nacional, 19.075 famílias serão beneficiadas nesta etapa do programa, cujo custo foi R$ 85,5 milhões. No evento, também serão assinadas ordens de serviço para mais 110 sistemas de abastecimento e entregues títulos de propriedade rural a agricultores familiares.

Criado com o objetivo de promover o acesso à água de populações carentes de regiões do semiárido, o programa pretende abastecer 750 mil famílias até o fim deste ano. De acordo com o Ministério da Integração Nacional, deverão ser instaladas 300 mil cisternas de polietileno e 450 mil cisternas de placa.

Com capacidade para armazenar 16 mil litros de água da chuva, cada cisterna dessas pode atender a uma família de cinco pessoas por até seis meses de estiagem. O investimento feito pelo governo, por meio da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) é R$ 4,7 bilhões. Após o evento, a presidenta segue para o Pará, onde tem agenda nesta quinta-feira (20). A chegada a Belém está prevista para as 21h.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.