• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Suspeita de irregularidade » Comissão externa da Câmara para investigar a Petrobras terá maioria de deputados governistas

Estado de Minas

Publicação: 19/03/2014 07:23 Atualização: 19/03/2014 07:29

Brasília – A comissão externa da Câmara criada para investigar suspeitas de irregularidades na Petrobras será composta por oito deputados, sendo cinco governistas e três oposicionistas. Os trabalhos serão coordenados pelo terceiro-secretário da Casa, Maurício Quintella (PR-AL). Os congressistas vão acompanhar o caso da empresa holandesa SBM Offshore, que aluga plataformas a companhias de petróleo e que é suspeita de ter pago suborno a empresas em vários países, incluindo o Brasil. Também a Polícia Federal investiga as suspeitas de que funcionários da Petrobras receberam propina da fornecedora holandesa.

O presidente da Casa, Henrique Alves (PMDB-RN), deu prazo até hoje para que os partidos façam suas indicações. O PT vai discutir com aliados os nomes a serem apontados. A ideia é formar maioria para evitar que a comissão explore politicamente os fatos e desgaste a empresa.

Entre os três nomes da oposição, os deputados Carlos Sampaio (PSDB-SP), que é promotor de Justiça, e Fernando Franceschini (SDD-PR), delegado da Polícia Federal, devem ser indicados. O DEM deve optar pelo deputado Onyx Lorenzoni (RS).

A ideia da oposição é começar os trabalhos tentando reunir informações junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) e ao Ministério Público Federal. Somente depois viagens à Holanda e aos Estados Unidos seriam realizadas.

O custo da comissão externa para a Câmara ainda não foi calculado. Quando houver viagens, o Congresso vai pagar passagens e hospedagens, além de diária de US$ 428 por deputado. Apesar de o grupo não ter poderes de investigação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI), como convocação de testemunhas e quebra de sigilo, a medida é vista pelo governo como negativa para a imagem da estatal.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.