• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Marco Civil da Internet » Medo de nova derrota no Congresso Nacional assombra o governo Planalto adia, mais uma vez, a análise do Marco Civil da Internet na Câmara porque 80% do PMDB são contra a aprovação do texto

Paulo de Tarso Lyra

Grasielle Castro

Publicação: 18/03/2014 07:13 Atualização:

Inseguro quanto à possibilidade de vitória na Câmara, o governo resolveu adiar, mais uma vez, a votação do Marco Civil da Internet. É a segunda vez em menos de uma semana que transfere a análise da matéria para evitar uma derrota em plenário. O Planalto liberou emendas parlamentares, distribuiu cargos e até reabriu o diálogo com o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Não adiantou nada.

Após reunião no início da noite com Cunha, o vice-presidente Michel Temer, a secretária de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, veio a decisão de adiar a votação. A justificativa, contudo, é que o Planalto já enfrentará outra batalha hoje: a análise de 12 vetos. “Então, muito provavelmente, nós não teremos, tempo, entre o horário da Câmara e do Congresso, para analisar uma matéria dessa complexidade”, afirmou Ideli.

A ministra reconheceu que o momento político ainda é tenso. “Tivemos, na semana passada, bastante conturbação política. Temos que ver como votam as bancadas, os líderes. Vamos deixar para amanhã o desenrolar das conversas com todas as bancadas”, completou a ministra.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.