• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições 2014 » Mulheres do PSB apresentam propostas a Eduardo Campos e Paulo Câmara

Publicação: 17/03/2014 21:49 Atualização: 18/03/2014 14:19

Foto: Bernardo Dantas/ DP/D.A Press
Foto: Bernardo Dantas/ DP/D.A Press

Mais de mil mulheres socialistas recepcionaram nesta segunda-feira (17) o governador Eduardo Campos (PSB), pré-candidato a presidente da República, e o secretário da Fazenda, Paulo Câmara (PSB), indicado para disputar o governo de Pernambuco. Os discursos ganham tom de campanha, enaltecendo o papel que o grupo espera dos dois pré-candidatos em defesa de políticas públicas para o segmento.

“Se somos capazes de mudar o mundo a nossa volta, porque não o Brasil? ”, questionou a deputada estadual Raquel Lyra (PSB), lembrando que ainda são poucas as representações políticas das mulheres diante de todas as responsabilidades que o gênero é capaz de assumir. “Nem toda mulher defende outra mulher, mas os homens vão nos representar muito bem”, frisou a vereadora recifense Isabella de Roldão (PDT).

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), que também compareceu ao evento disse "discutir políticas públicas é fundamental, seja no município, no estado ou no país." A secretária nacional de Mulheres do PSB, Dora Pires, por sua vez, lembrou que pela primeira vez o estado emplacou políticas de gênero. “Um governador que tem aprovação de 83% não é só um governador. Ele vai ser nosso o presidente da República”, previu a socialista.

Em retribuição, Eduardo Campos prometeu continuar no país o plano iniciado no estado em defesa da mulher, incluindo a criação da Secretaria estadual da Mulher. “Se não fossem as mulheres não teria chegado até aqui. Quero pedir às minhas companheiras que me representem quando eu não estiver aqui”, disse o governador, que no dia 4 de abril deixará o cargo para se dedicar à sua pré-campanha para presidente da República. Sobre Paulo Câmara, enfatizou que o afilhado político está mais preparado do que ele quando assumiu o comando do estado em 2007.

“Testemunhei em sete anos a criação da Secretaria da Mulher e acompanhei todas as políticas públicas que foram planejadas e executadas. Quero conversar com as mulheres de todos os municípios para dar continuidade ao projeto atual. Conto com vocês para trazer novas propostas para que possamos investir em novas ações”, afirmou Paulo Câmara em seu discurso. O material aprovado no encontro da mulheres socialistas será encaminhado às equipes que irão elaborar, respectivamente, o programa de governo de Eduardo Campos e de Paulo Câmara.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: aurio campos
Não deixem de participar da passeata que ocorrerá simultaneamente em 200 cidades brasileiras, no dia 19/03/14. Esta passeata é o início de um movimento contra a índole dos governo brasileiro representado pelo PT, tendo como fator principal, uma petição às Forças Armadas para intervirem, a fim de acab | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.