• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Com mudanças » PSDB de Pernambuco inicia articulações para eleição proporcional

Tércio Amaral

Publicação: 17/03/2014 14:46 Atualização: 17/03/2014 16:05

Nova direção do PSDB se reuniu oficialmente a primeira vez após a morte de Sérgio Guerra. Foto: Tércio Amaral/DP/D.A Press (Tércio Amaral/DP/D.A Press)
Nova direção do PSDB se reuniu oficialmente a primeira vez após a morte de Sérgio Guerra. Foto: Tércio Amaral/DP/D.A Press
Depois de eleger a nova comissão executiva nesta segunda-feira (17), o PSDB de Pernambuco começa a articular os planos em torno da chapa proporcional das eleições deste ano. Os tucanos planejam integrar a chapa liderada pelo PSB na proporcional para Câmara Federal. Já na disputa pela Assembleia Legislativa, a intenção do partido é fazer uma coligação com o DEM, PPS e o PMN. O deputado federal e presidente estadual do DEM, Mendonça Filho, já teria demonstrado a intenção de realizar a aliança.  

As lideranças do PSDB se reuniram na manhã desta segunda-feira (17) na sede do partido, no bairro do Derby, no Centro do Recife. Na reunião, também foi deliberada a criação de um comitê eleitoral. O novo presidente do partido, o deputado Bruno Araújo, que assumiu a legenda após a morte do deputado Sérgio Guerra, vai liderar o grupo formado pelos deputados estaduais Daniel Coelho e Antônio Moraes, além do prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes. 

Os critérios para ocupar umas vagas no comitê foram os seguintes: duas vagas para o presidente e o vice da legenda, além uma para o líder do partido no legislativo e outra para o prefeito da cidade do PSDB com maior número de habitantes no estado. O deputado Bruno Araújo reconheceu que inicialmente a sua intenção era montar um conselho político, como acontece nacionalmente. O tucano preferiu não falar em derrota na proposta e disse que a decisão do grupo foi dar um caráter mais “informal” ao projeto.

“O PSDB deu mais uma demonstração de força e unidade. Apesar de ter perdido um líder competente e carismático (o deputado Sérgio Guerra), conseguimos manter o clima de união no partido”, declarou. Apesar do discurso de continuidade, a morte de Sérgio deve alterar os rumos da legenda neste ano. O primeiro é a candidatura do deputado estadual Betinho Gomes à Câmara Federal e a desistência do vice-prefeito de Petrolina Guilherme Coelho em não renunciar o mandato  para disputar a eleição. O aliado do prefeito Julio Lossio (PMDB) pretendia concorrer ao mandato de deputado federal.

“Acredito que saímos na vantagem. Se antes pensávamos em eleger três deputados federais, hoje pensamos em quatro”, disse Bruno em referência ao reforço de Claudiano Martins para a disputa. Na Assembleia Legislativa, o partido pretende manter a representação e eleger, no mínimo, cinco parlamentares. Na reunião desta segunda, também foi deliberado o batismo da sede do partido no bairro do Derby, que agora vai se chamar senador Sérgio Guerra. A deputada Terezinha Nunes e a ex-prefeita Judith Botafogo começaram a pesquisa cujo objetivo é realizar uma biografia do ex-presidente do partido.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.