• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Minas Gerais » Filho de Alencar aceita convite feito pelo PMDB e vai disputar uma cadeira no Senado

Estado de Minas

Publicação: 15/03/2014 10:20 Atualização: 15/03/2014 10:22

 (Foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A.Press)
O empresário Josué Gomes da Silva (PMDB), filho do ex-vice-presidente da República José Alencar, anunciou nessa sexta-feira ter aceitado o convite para ser o candidato do partido ao Senado em outubro. Josué afirmou ainda ser a favor do lançamento de nome próprio da legenda para disputa pelo governo de Minas em outubro.

As declarações de Josué aconteceram em reunião organizada pelo senador Clésio Andrade (PMDB), pré-candidato do partido ao governo de Minas, e o presidente em exercício da legenda, deputado federal Saraiva Felipe, também favorável à candidatura própria do partido. O encontro aconteceu seis dias antes da volta do presidente licenciado da legenda ao cargo, deputado federal Antônio Andrade, que na quinta-feira deixa o Ministério da Agricultura. Andrade é a favor de aliança com o PT para a briga pelo governo de Minas e é cotado para ser o vice na chapa do ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.

Segundo Clésio Andrade, pesquisa feita pelo PMDB aponta que 86% dos delegados do partido querem a candidatura própria. Sobre o posicionamento contrário de Antônio Andrade, Clésio acredita ser possível fazer com que o presidente licenciado da legenda mude de ideia. "O presidente sabe que o partido é um todo. E não somente eu, ele ou o Saraiva", disse.

O presidente em exercício da legenda demonstrou ontem não estar satisfeito com o PT. "Conversamos com muitos partidos, mas não fui procurado por Fernando Pimentel nem como deputado nem como presidente do PMDB. Foi uma falta de sensibilidade política", avaliou. No início da semana, o comando da legenda em Minas se reuniu com o presidente do PSDB no estado, Marcus Pestana.

Saraiva Felipe afirma defender a candidatura própria por coerência. “Viajei durante um ano em que estive como presidente do partido trabalhando pela criação de diretórios no interior. Não podia chegar e falar qual seria a garupa em que pularíamos.”

Incentivo Josué Gomes afirmou ter aceitado o convite do PMDB, ao menos em parte, em homenagem a José Alencar. “Meu pai foi eleito senador pelo partido”, lembrou. Em relação à candidatura própria da legenda ao Palácio da Liberdade, porém, Josué deixou claro haver a possibilidade de alteração no quadro fechado ontem pela sigla. “Na política nada pode ser sepultado de forma definitiva. As coisas podem evoluir e mudar. O importante é que as oposições em Minas têm grande chance de vitória. E se não estiverem juntas no primeiro turno, podem se unir no segundo”, analisou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.