• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições 2014 » Sérgio Cabral diz que PMDB do Rio está com Dilma e Michel Temer Declaração foi dada pelo governador do Rio nesta sexta-feiura durante inauguração de uma fábrica em Itatiaia

Agência O Globo

Publicação: 14/03/2014 17:59 Atualização:

O governador do Rio, Sergio Cabral, declarou nesta sexta-feira apoio irrestrito à presidente Dilma e ao vice-presidente Michel Temer em 2014. Durante a inauguração da fábrica IBR-LAM, de laminação de vergalhão de cobre, em Itatiaia, que reuniu além do vice-presidente, senadores do PMDB como o presidente do PMDB, Valdir Raupp, e Ricardo Ferraço, o governador disse que o PMDB do Rio está com a presidente, que deverá vir em diversas ocasiões ao Rio entre maio e junho.

"No PMDB do Rio não há dúvida, nós estamos juntos com Dilma e Michel. Somos Dilma Rousseff em 2014, somos amigos da presidente Dilma, não há empecilho. Política é feita de idas e vindas. Eu compreendo meus amigos do PMDB que ficaram chateados com a postura de companheiros do PT do Rio, mas nós temos que superar isso porque estamos aí há sete anos e três meses", disse.

Cabral disse que as conversas com a presidente na quinta-feira em Brasília, com a presença do ministro Aloisio Mercadante, e hoje com Temer, no Rio antes do evento, foram excelentes. Ao ser indagado sobre se Dilma participará do palanque de Luiz Fernando Pezão, ele disse que só a presidente poderá falar, mas listou uma série de ocasiões em que Dilma deverá vir ao Rio em maio e junho, como na inauguração da fábrica da Nissan e do arco metropolitano.

"Como alguém vai romper uma aliança dessas? É completamente sem sentido. Ela é minha amiga pessoal. Sou amigo dela e estaremos juntos apesar dos erros políticos cometidos circunstancialmente", disse Cabral.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.