• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Comissão » "Foi um momento de rebelião política", diz Mendonça sobre comissão Deputado pernambucano, autor do projeto que criou a comissão que vai investigar a Petrobras, já tem indicados do DEM para compor colegiado

Publicação: 13/03/2014 10:26 Atualização: 13/03/2014 11:56

Para o autor do projeto que criou uma comissão externa de deputados para investigar denúncias de propina na Petrobras, o deputado federal Mendonça Filho (DEM-PE), a votação da última terça-feira (11) foi "um momento de rebelião política". A criação da comissão contrariou os interesses do governo federal, que pediu aos seus aliados que votassem contra. O que acabou não acontecendo, já que a votação teve contribuição maciça do PMDB, partido do vice-presidente Michel Temer, e do PSB, do governador Eduardo Campos, que antes de orgulhava por ser fiel ao partido da presidente Dilma Rousseff (PT).

Mendonça Filho afirmou que, apesar de criar, não pretende presidir a comissão externa, que fará visitas à Holanda para acompanhar as investigações das denúncias de corrupção envolvendo a estatal de petróleo e a empresa holandesa SBM Offshore, que aluga plataformas flutuantes a companhias petrolíferas. "Sou líder da oposição e não gostaria de me ausentar", explicou. O DEM pode indicar um dos dois deputados para presidir a comissão: Ônix Lorenzoni (RS) ou Rodrigo Maia (RJ).
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.