• (7) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pré-campanha » Governador usa reportagem contra escolas municipais para atacar governo federal Reportagem exibida ontem no programa Fantástico, da Rede Globo, mostrou problemas em unidades de ensino de várias localidades do país

Publicação: 10/03/2014 16:52 Atualização: 10/03/2014 17:07

Reportagem exibida ontem no programa Fantástico, da Rede Globo, sobre a Educação no Brasil, não apresentou uma realidade muita boa de escolas de várias localidades do país, incluindo unidades de ensino pernambucanas das redes municipais de Jaboatão dos Guararapes, Petrolina e Lagoa Grande. Há cerca de meia hora, na sua página oficial do Facebook, o governador Eduardo Campos (PSB) tratou de transformar o limão em limonada, e voltou a tocar na necessidade de um novo pacto federativo como solução para muitos dos problemas ainda existentes nas esferas municipais. Ele ainda acusou o governo federal de responsável por não agilizar esse pacto. Na sua página, o socialista admite que "o que a reportagem prova é o quanto vem sendo difícil para os municípios tocarem as políticas públicas com cada vez menos ajuda federal".

Segue o texto na íntegra:

"Muitos de vocês devem ter visto a reportagem exibida ontem no Fantástico sobre a Educação no Brasil. Uma situação que nos entristece a todos. Foram mostradas na matéria escolas de várias localidades do país, incluindo três escolas pernambucanas das redes municipais de Jaboatão dos Guararapes, Petrolina e Lagoa Grande. O que a reportagem prova é o quanto vem sendo difícil para os municípios tocarem as políticas públicas com cada vez menos ajuda federal.

E isso não acontece apenas com a Educação. Na Saúde, por exemplo, de cada 100 reais aplicados, a União entra com apenas R$ 40. O restante fica a cargo dos governos estaduais e das prefeituras.

É uma situação ainda mais absurda quando vemos que a arrecadação direta do Governo Federal corresponde a 25,3% do PIB, enquanto que a dos Estados é de apenas 8,7% e as dos Municípios, 1,9%. Ou seja, o Governo Federal fica com a maior parte dos impostos, mas são os governos estaduais e municipais que prestam a maior parte dos serviços essenciais à população, como Educação, Saúde, Segurança, Mobilidade etc.

Mesmo com os recursos limitados, temos feito o possível na área de Educação. Criamos em Pernambuco a maior rede de ensino integral do país, com 326 unidades espalhadas por 95% dos municípios pernambucanos. Temos mais escolas integrais e semi-integrais que todo Sudeste junto. Somos o maior ofertante estadual de ensino à distância, chegando este ano a 12.400 matrículas. Criamos o maior programa estadual de intercâmbio, enviando até o final deste ano 1.600 adolescentes de famílias carentes para estudar no exterior. Temos investido na formação dos professores e ofertando novas possibilidades pedagógicas aos distribuir dezenas de milhares de tablets com aplicativos educacionais aos nossos estudantes.

É muito para nossos recursos, mas ainda é pouco para o que precisamos. A situação nas escolas apresentadas na reportagem do Fantástico mostra isso. Amanhã, nosso secretário estadual de Educação se reunirá com os gestores dos municípios pernambucanos exibidos na matéria para resolver os problemas apontados. Mesmo o Estado não tendo gerência sobre essas escolas, queremos ajudar.

Mas essa situação não vai mudar com ações isoladas. Só mudaremos definitivamente quando todos fizerem sua parte. Governo federal, Estados, Municípios e sociedade civil juntos num grande pacto pela educação. Porque ninguém aguenta mais adiar as soluções que o país precisa. Temos que começar já."

Esta matéria tem: (7) comentários

Autor: BB Ch
Resposta merecida rebatendo a crítica "tão bem elaborada" pela Globo para denegrir a imagem do nosso futuro presidente Eduardo Campos. Parabéns futuro presidente, e o PT que se cuide. | Denuncie |

Autor: george vercoza
Será que o fantástico teve que mostrar os fatos para ele decidir se reunir com o secretário estadual de educação para tomar providências? Tão bonzinho seu dudu | Denuncie |

Autor: george vercoza
Ou ele não sabe que há escolas do estado sem papel higiênico, sem água, com máquina de xerox quebrada e as salas como um forno, uma estufa. Sem contar que este homem não gosta de concurso, não gosta e não valoriza os serviços da saúde também | Denuncie |

Autor: george vercoza
Falta de investimento e de qualificação e de valorização para o professor. O negócio é ter aula, mas qualidade e saúde zero. O professor tem que ser polivalente para o aluno não ficar sem aula e se qualificar nada, recursos financeiros para a escola nada. | Denuncie |

Autor: george vercoza
Engraçado esse governadorzinho! Faz parte da mesma cúpula e se apoiou em Lula. Esquece ele da propaganda enganosa que faz sobre educação aqui em PE? Pouco investimento em infra-estrutura, tablets e notebooks de últimas categorias para professores e alunos | Denuncie |

Autor: Breno Cunha
Parabenizamos Eduardo Campos pela postura série e correta. Pernambuco precisa somar forças para eleger Eduardo Campos Presidente. Fora Dilma, o PT é uma mentira. | Denuncie |

Autor: Pietro Silva
Ainda não tenho uma posição sobre o meu voto mas.... apenas acho que essa matéria está tendenciosa demais... cadê o Jornalismo "pseudo-imparcial" ? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.