• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Plebiscito » Grupo petista pede plebiscito para decidir rumos das eleições estaduais Documento pedindo plebiscito foi entregue hoje na sede do PT no estado

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Publicação: 10/03/2014 15:46 Atualização: 10/03/2014 16:37

Oscar Barreto disse que a militância petista precisa ter voz no rumo que o partido vai tomar (Marcelo Soares/Esp. DP/D.A Press)
Oscar Barreto disse que a militância petista precisa ter voz no rumo que o partido vai tomar

Parece que o Partido dos Trabalhadores (PT) em Pernambuco vai precisar de uma boa "terapia de grupo" para voltar a se entender. Não é segredo para ninguém que, até o momento, não existe consenso dentro da legenda a respeito dos rumos a serem seguidos nas próximas eleições do estado. Enquanto o grupo dos petistas encabeçado pelo senador Humberto Costa aposta no apoio à pré-candidatura de Armando Monteiro (PTB) para o governo do estado, outras lideranças defendem que o melhor seria lançar candidatura própria. Na manhã desta segunda-feira (10), o grupo liderado por Oscar Barreto, presidente do partido no Recife, protocolou um ofício pedindo que o PT local realize um pebliscito para decidir qual caminho seguir.

Segundo ele, "a militância petista precisa ter voz". O documento conta com a assinatura de oito lideranças. A presidente do PT estadual, deputada estadual Teresa Leitão, informou que já pode colocar o pedido na pauta da reunião da executiva que acontece nesta noite, às 18h, na sede do partido.

"Vamos avaliar o pedido. Se puder, hoje ainda, já que o tema está em questão. Mas, a princípio, digo que nunca houve necessidade de o PT do estado realizar um plebiscito para decidir que rumo tomar numa eleição", comentou Leitão. A presidente aproveitou para ressaltar que acha a divergência dentro do partido salutar. "Faz parte da democracia. As duas posições estão sendo amplamente discutidas. Ninguém pode dizer, depois, que houve falta de discussão", justificou a deputada estadual.

No documento entregue hoje na sede do PT, as lideranças enfatizam o legado de 34 anos da militância petista. Oscar Barreto disse qualquer vitória no plebiscito será vitoriosa.  "Já passamos dessa fase (de defender a candidatura própria). Agora, estamos brigando para que a discussão seja feita diretamente com a militância. Qualquer resultado que sair do plebiscito será respeitado", garantiu Barreto.

Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.