• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

PT estadual » Peso político em favor do apoio a Armando Monteiro

Publicação: 06/03/2014 08:28 Atualização: 06/03/2014 09:08

O projeto político do senador mostra que reúne o apoio dos principais nomes petistas. Foto: Juliana Leitao/DP/D.A Press (Juliana Leitao/DP/D.A Press)
O projeto político do senador mostra que reúne o apoio dos principais nomes petistas. Foto: Juliana Leitao/DP/D.A Press

A bancada federal do PT, composta pelos deputados João Paulo, Pedro Eugênio e Fernando Ferro, assinou o requerimento de apoio à candidatura do senador Armando Monteiro (PTB) ao governo do estado. O também senador Humberto Costa, que compôs a chapa governista com o petebista nas eleições de 2010, é outro signatário da lista. Dessa forma, o projeto político do senador mostra que reúne o apoio dos principais nomes petistas.

Para o apoio a Armando ser colocado em debate no Encontro de Tática Eleitoral do PT no dia 23 de março, era preciso que 1/3 do diretório assinasse a lista. No total, 27 membros do diretório, número maior que o necessário, subscreveram o requerimento. “Há assinaturas que dão peso político ao apoio”, destacou o vice-presidente estadual do PT, Bruno Ribeiro.

Os deputados estaduais Manoel Santos, Odacy Amorim e Sérgio Leite também estão entre os que apoiam o petebista. A presidente estadual do PT e também deputada Teresa Leitão não assinou o documento para que possa atuar como árbitra do processo. Nos bastidores, surgiu a informação de que o ex-prefeito do Recife João da Costa havia assinado o documento, mas ela não foi confirmada. “Na sexta-feira ele estava viajando, e até onde eu sei não assinou o documento”, afirmou Bruno Ribeiro. O requerimento foi protocolado, como manda o regimento interno do PT, na segunda-feira de carnaval.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.