Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eleições » Para Humberto Costa, PT precisa decidir rapidamente sobre alianças

Filipe Barros - Diario de Pernambuco

Publicação: 24/02/2014 16:51 Atualização:

O senador Humberto Costa, líder do PT no Senado, defendeu em entrevista nesta segunda-feira (24), "uma decisão mais rápida do partido" na formação da chapa para a disputa eleitoral em Pernambuco e contrariou o senso comum de petistas que defendem uma candidatura própria na disputa estadual, demonstrando ser favorável a aliança com o senador Armando Monteiro (PTB). A estratégia da aliança já foi defendida pela presidente Dilma Rousseff, pelo ex-presidente Lula e pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão.

Nas duas reuniões realizadas neste ano pelo partido, ficou evidenciada a vontade dos petistas de lançar um candidato próprio ao governo do estado. Uma posição que contraria a da direção nacional petista. Quando indagado sobre a melhor opção para o partido em âmbito local, Humberto Costa reafirmou que o principal objetivo é a reeleição da presidente Dilma e que o melhor caminho seria a aliança com um partido forte, no caso, o PTB de Armando.

"Não estamos falando de uma pessoa ou duas, estamos falando do PT. Vamos construir uma aliança com tranquilidade. As pessoas sabem que o PT viveu um momento de muitas brigas internas e que isso nos obriga a consolidar um clima equilibrado, mas o PT é um partido democrático e diferentemente de outros partidos que apenas um diz o que será feito, o partido irá ouvir todos", afirmou Humberto, alfinetando o governador Eduardo Campos (PSB), possível adversário da presidente Dilma na disputa presidencial. Humberto disse esperar também que o PT mantenha o número de deputados e que acha um exagero o "bancadão" do PSB que pretende eleger um número considerável de deputados federais e estaduais.

Sobre o presidente do PT no Recife, Oscar Barreto, que colocou seu nome à disposição do partido para a disputa do governo do estado, Humberto desconversou e disse acreditar que o PT considere essa possibilidade. "Se ele quiser participar, ele deve entrar na discussão como todos vão ser ouvidos, mas acho difícil o PT considerar esse caminho. Me parece que isso é uma tentativa de tumultuar o ambiente partidário". Se consolidada a vontade dos petistas de lançar candidato próprio, tanto PT como PTB dariam palanque a Dilma.

Carnaval
O senador Humberto Costa (PT) afirmou na manhã desta segunda-feira (25) que pretende acompanhar o também senador pernambucano Armando Monteiro (PTB) nos principais polos do carnaval do estado, reforçando desta maneira a intenção de apoiar a candidatura do petebista ao Palácio das Princesas. O roteiro teria início no tradicional bloco carnavalesco Galo da Madrugada, no próximo sábado.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »