Pernambuco.com



  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Armando Monteiro » "Você nomeia secretário, mas ninguém nomeia governador", afirma Armando

Publicação: 24/02/2014 14:08 Atualização: 24/02/2014 16:39

Armando reagiu à escolha de Paulo Câmara e disse que seu palanque será competitivo. Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press (Nando Chiappetta/DP/D.A Press)
Armando reagiu à escolha de Paulo Câmara e disse que seu palanque será competitivo. Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press
O senador Armando Monteiro Neto (PTB) comentou apenas nesta segunda-feira a escolha de Paulo Câmara, pelo governador Eduardo Campos (PSB), para encabeçar a chapa da Frente Popular nas eleições deste ano. Fazendo referência ao atual titular da Fazenda estadual, questionou a consistência do auxiliar como candidato. "Eu quero dizer é que você nomeia secretário, mas ninguém nomeia governador. Governador quem elege é o povo”, disse o parlamentar, durante entrevista a uma rádio local. Apesar de contestar a "consistência" política do adversário, ele evitou tratá-lo como "poste". “Não, eu não digo isso. Eu tenho respeito pelas pessoas", enfatizou.

Armando disse prever que o palanque que dará sustentação à sua candidatura será competitivo e disse que espera por uma definição do PT. Na sua visão, até o próximo mês a chapa estará com os nomes definidos, apesar de o prazo máximo para isso ser junho, quando ocorrem as convenções partidárias. "Tenho mantido contato também com outras legendas, com outros partidos, para que a gente possa concluir esses entendimentos e oferecer um expressivo leque de alianças para fortalecer esse projeto”, disse.

Ao se referir ao perfil técnico de Paulo Câmara, exaltado pelos socialistas, ele disse considerar esse um debate precário. "O fundamental nesse processo é que se possa aliar experiência, capacidade de articulação e um sentido de direção. Porque o político é aquele que sabe, em determinadas circunstâncias, definir prioridades e aliar a essa experiência sensibilidade. E acho ainda que há uma questão também muito importante, que é a capacidade de caminhar com as próprias pernas, ter um sentido de independência que é tão importante e algo tão caro a Pernambuco”, pontuou.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Renato Mesquita
Ora lá! Quando Pernambuco em peso se uni em busca de dias melhores para o Estado e para Nação tem gente que dá as costas ao trabalhador e se uni aos PETRALHAS. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »