Pernambuco.com



  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Governo » Candidatura de Paulo Câmara é oficializada nesta segunda Economista escolhido para suceder o governador Eduardo Campos nunca disputou eleições

Publicação: 23/02/2014 16:58 Atualização: 23/02/2014 17:15

Câmara tem 42 anos de idade é auditor do Tribunal de Contas do Estado. (Helder Tavares/DP/D.A Press)
Câmara tem 42 anos de idade é auditor do Tribunal de Contas do Estado.

O governador Eduardo Campos (PSB) anuncia oficialmente, nesta segunda-feira (24), a candidatura do economista Paulo Câmara (PSB), atual secretário da Fazenda, para o governo de Pernambuco pela Frente Popular. Os socialistas também apresentam os nomes do ex-ministro Fernando Bezerra Coelho como candidato ao Senado e do deputado federal Raul Henry (PMDB) para vice.

 

A formação da chapa majoritária foi divulgada pelo PSB na última quinta-feira (20), mas será formalizada em evento às 10h desta segunda no Recife Monte Hotel, com a presença também do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e de lideranças dos partidos aliados. A expectativa  é sobre a participação do vice-governador João Lyra Neto (PSB), que ficou insatisfeito com a condução do processo de escolhas dos nomes para a chapa da Frente Popular.

Durante o fim de semana, Paulo Câmara participou de eventos públicos, como o Baile Municipal e o Olinda Beer. Foram as primeiras aparições públicas do secretário depois que seu nome foi anunciado como pré-candiato.

Câmara é militante socialista desde 1992. Esteve ao lado do governador Eduardo Campos em sua campanha para a Prefeitura do Recife em 1992, quando o hoje aliado Jarbas Vasconcelos (PMDB) foi eleito. De lá para cá, participou de todas as campanhas majoritárias encabeçadas pelo PSB e está no governo de Pernambuco desde 2007.

Câmara filiou-se ao PSB apenas em outubro de 2013, no finalzinho do prazo estipulado pela Justiça Eleitoral para os que desejavam participar do pleito deste ano, um dos primeiros sinais de que acabava de entrar na lista de possíveis candidatos à sucessão de Eduardo.

A distância das bases, dos eleitores e o fato de não circular nos meios empresariais e sociais, fundamental para qualquer político que tenha pretensões eleitorais, é o principal motivo de Paulo Câmara ser hoje um desconhecido. Até porque, apesar das funções estratégicas que assumiu até agora no governo Eduardo, só esteve por um ano numa secretaria-fim: a de Turismo. A sua maior contribuição ao governo veio através de secretarias-meio, como Administração e Fazenda, onde carrega a responsabilidade sobre todas as contas do estado e prova ser alguém da extrema confiança do governador.

Com o lançamento de seu nome para a disputa ao governo do estado deste ano, Paulo Câmara terá que sair de sua zona de conforto e ganhar as ruas.

Tags:

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: gerisvania melo
gostaria de entrar em contato com o doutor paulo camara | Denuncie |

Autor: Manoel Cunha
Dr.Paulo Camara nos estamos aqui para informar que vamos trabalhar com o mesmo afinco como fizemos com Eduardo , Geraldo Julio e agora voce 40 neleees. | Denuncie |

Autor: gilvan chaves
O que é a política no brazil? Talvez como a alguns anos atrás um bode foi candidato e o bichinho teve tanto voto que por pouco não foi eleito. Quem é Paulo Camâra? mostra a tua cara pra ver se é válido votar em voce. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »